Ponta Porã, Quinta-feira, 14 de dezembro de 2017
11/10/2017 08h20

Artigo: E não nos deixes cair em tentação

Por: Oziel Gustavo Marian

Divulgação
 
 

Ser tentado não é pecado, o pecado esta em ceder à tentação. Jesus foi tentado, porém não pecou, não cedeu à tentação. Mas isto não quer dizer que a tentação não seja um problema. Pelo contrário, a tentação é o que nos leva a pecar, então, evitar coisas e ambientes que possam mexer em nossos pontos fracos é uma boa pedida.

Por isso Jesus nos ensina a pedir para que Deus nos livre da tentação. Pois ao nos livrarmos da tentação, reduzimos as chances do pecado. Mas isto não significa transferir para Deus a responsabilidade, mas sim, que estamos lutando contra algo que sozinhos não podemos vencer.

Mas o que é a tentação? A tentação é a propaganda que o diabo usa. Se o diabo se apresentasse como um monstro repulsivo, alguém o seguiria? Não. Se a ilustração do sanduíche que compramos, fosse uma foto real do sanduíche que é vendido, a venda cairia pela metade. A maquiagem é a alma da propaganda, sem ela as coisas não possuem o mesmo efeito. Por isso, o diabo faz uma boa maquiagem de si mesmo e de suas ações e com isto ele chama a atenção das pessoas.

Vocês já devem ter ouvido falar que "tudo que é bom é pecado"! Esta frase tem um erro grave de formulação, a frase correta é "tudo que é bom é usado para o pecado". O que é bom é bom! Foi Deus quem criou (Gn 2.1) e depois de ter criado, ele viu que tudo era muito bom (Gn 1.31a). O problema não está nas coisas boas da vida, nos prazeres da vida, mas na distorção que o diabo faz destas coisas. Por exemplo: o problema não está no sexo, mas na forma distorcida em que ele é usado.

É assim que a tentação funciona: o diabo nos atrai com as coisas boas que Deus criou, nos faz acreditar que Deus é um estraga prazer por colocar limites na forma de usar estas coisas e que não haverá problema algum se dermos uma espiada, tirarmos uma lasquinha, pregarmos uma mentirinha, fazermos uma fofoca, darmos uma tragada, tomar um porre... E quando nos dermos conta, estaremos tão enroscados que será difícil sair. Muitos, mesmo querendo não conseguem mais se livrar.

As maiores tentações para o ser humano podem ser definidas como o trio fatal (poder, sexo e dinheiro).

Estas coisas em si, não são ruins, desde que usadas com sabedoria e nos propósitos para as quais Deus as criou.

Enfim, contra qual tentação você luta? Ou não luta? Deixa rolar para ver onde vai dar! A ladeira é íngreme e o poço e fundo, há sinais disso por todo o canto, e a história humana já provou isto de muitas maneiras, mas se alguém quiser descobrir por conta própria, vá em frente, mas nunca diga que ninguém avisou.

Mas se alguém tem um mínimo de preocupação com sua vida e a vida de seus queridos, então é bom pedir para Deus: não dos deixes cair em tentação.

Que Deus (o Senhor), te guarde e te abençoe!

Oziel Gustavo Marian – ozielmarian@gmail.com

Comunidade Evangélica de Confissão Luterana em Ponta Porã

Rua Clodomiro Novaes, 182, Ponta Porã-MS.

Telefone 67-3431-0311 – e-mail: ieclbpontapora@bol.com.br

Envie seu Comentário