Ponta Porã, Quinta-feira, 19 de outubro de 2017
03/01/2017 14h30

Artigo: Jesus é nosso amigo! E nós, somos seus amigos?

Por: Eloir Vieira

Divulgação: Dora Nunes
 
 

"Ninguém tem maior amor do que este: de dar alguém a sua vida pelos seus amigos" (João 15.13).

Que Jesus é o verdadeiro amigo, não temos dúvida. Ele provou isso, entregando sua própria vida para que tivéssemos a oportunidade de sermos salvos gratuitamente: "Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus, nosso Senhor" (Rm 6.23). A salvação não é pelo nosso esforço ou pagamento. O preço já foi pago na cruz do calvário por aquele que nos amou (Rm 8.37).

Mas, então, não precisamos fazer nada para sermos salvos? Precisamos sim! Cada pessoa precisa tomar posse dessa bênção! É preciso crer! E crer, todos falam que creem! Tiago, irmão do Senhor, que foi um líder na igreja de Jerusalém, escreveu que até os demônios creem e estremecem (Tg 2.19). Os demônios creem que há um só Deus, e que Jesus morreu e ressuscitou para que todos tenham vida e vida com abundância (João 10.10). Entretanto, os demônios não obedecem a Deus nem à sua Palavra! Eles são anjos caídos, que se tornaram demônios por desobedecerem a Deus! Estão perdidos!

Para tomarmos posse da salvação, precisamos praticar obras da fé! Crendo no coração e confessando com a nossa boca que Jesus é o nosso único Salvador e Senhor! Você já fez isso? E quais são as suas obras de fé? Tiago, novamente diz: "Assim também a fé, se não tiver as obras, é morta em si mesma" (Tg 2.17). Tiago não está falando que precisamos fazer alguma obra "para" sermos salvos, mas "por" sermos salvos!

Não há nada neste mundo que façamos que nos dê o direito à salvação! Na verdade, nós não merecemos a salvação, porque não pagamos o preço que tínhamos de pagar, quem pagou foi Jesus! Ele pagou com sua vida, abrindo mão dos reinos e glórias deste mundo decaído, por amor a nós! Assim, Jesus nos comprou para Ele, e, portanto, pertencemos a Ele, e ninguém, nem coisa alguma pode nos separar do seu amor (Rm 8.38,39).

E por sermos de Deus, temos a obrigação de honrar a Deus em espírito e em verdade (João 4.23,24), com o nosso espírito e com o nosso corpo: "Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois a Deus no vosso corpo e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus" (1Coríntios 6.20). Como demonstramos que amamos a Deus e que somos seus amigos? Imitando Deus, amando o nosso próximo assim como Deus nos amou: "O meu mandamento é este: Que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei" (João 15.12). "Vós sereis meus amigos, se fizerdes o que eu vos mando" (Jo 15.14). Então, vamos refletir: Será que somos amigos de Jesus? Estamos dispostos a dar a nossa vida por amor a alguém? Que tipo de amor estamos praticando? Jesus te ama!

Envie seu Comentário