Ponta Porã, Quarta-feira, 17 de janeiro de 2018
13/12/2016 16h50

Leia: Coluna com Roberto Costa

Leia: Coluna com Roberto Costa

Divulgação: Dora Nunes
 
 

PRÓPRIA CARNE – A maioria do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu manter o presidente do Senado Renan Calheiros (PMDB-AL) no cargo. A decisão teria sido pacificadora. **

NÃO PARTICIPARAM - O ministro Gilmar Mendes (em viagem oficial à Suécia) e Luís Roberto Barroso impedido de julgar porque trabalhou com os advogados da Rede, partido que ingressou com a ação no STF. **

REFORMA – O governador Reinaldo Azambuja, do PSDB, está vivamente empenhado em alterar o quadro administrativo estadual com redução de secretarias e demissão de comissionados. **

CONFIRMADO – Mesmo sendo filiado ao PROS, o ex-deputado estadual Lauro Davi foi anunciado pelo prefeito eleito Marquinhos Trad, do PSD, para o cargo de diretor-presidente do IMPCG. **

ESPERANÇOSOS – Os previdenciários campo-grandenses agora confiam na recuperação do instituto que por falta de gestão agoniza e arrasta consigo quem precisa de atendimento médico. **

MEIO A MEIO I – A Justiça decretou a prisão de mais da metade dos vereadores de Osasco, uma das maiores cidades da região metropolitana de São Paulo. Os ‘edis’ ficavam com cinquenta do ‘faz me rir’ dos ‘gasparzinhos’. **

MEIO A MEIO II – Os promotores dizem que os vereadores contratavam apadrinhados, que não trabalhavam, mas recebiam como funcionários. O esquema desviou R$ 21 milhões de 2009 até esse ano. **

CONTINUAM – Conforme já havia publicado aqui na coluna, Jr Mochi e Zé Teixeira, PMDB e DEM, respectivamente, continuarão no comando da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa. **

VELA DE 7 DIAS – Dizem que, se o Ministério Público resolver investigar outras cidades, vai faltar exorcistas para combater os fantasminhas que infestam os legislativos brasileiros. **

AÇÃO - O preço da passagem de ônibus urbano subiu para R$ 3,53 em Campo Grande. A nova tarifa não entrou em vigor na última segunda-feira (5) por interpelação do Tribunal de Contas do Estado. **

REAÇÃO – Já os motoristas do transporte coletivo surpreenderam na terça-feira (6) a população usuária suspendendo a circulação dos ônibus por duas horas. O trabalhador que depende do coletivo foi o maior prejudicado **

CADÊ O PROCON? – A maquiagem (para menor) de pesos e medias continua prejudicando diretamente o consumidor. É que os preços não retraem, não encolhem e ninguém faz nada! **

MAHATMA GANDHI – "Se ages contra a justiça e eu te deixo agir, então a injustiça é minha". **

Envie seu Comentário