Ponta Porã, Sexta-feira, 19 de janeiro de 2018
24/02/2017 14h20

Leia: Coluna com Roberto Costa

Leia: Coluna com Roberto Costa

Divulgação: Dora Nunes
 
 

PAPAGAIO DE PIRATA – É como passou a ser visto o deputado estadual Rinaldo Modesto de Oliveira, do PSDB, em evento em que esteja presente o governador Reinaldo Azambuja. Ele não do ombro do gestor. **

ALFINETADA – O prefeito de São Paulo, João Dória Júnior, do PSDB, disse recentemente que está fazendo na maior cidade brasileira o que Luiz Inácio Lula da Silva nunca fez: "trabalhar". **

PERGUNTA – O que leva um homem da mais estrita confiança gerar desconfiança? **

MOBILIZADOS – Servidores públicos de Mato Grosso do Sul antecipam que irão descartar proposta de possível ‘gorjeta’ a ser oferecida pelo Governo do Estado a título de reposição salarial. **

FUNTRAB – Pelo menos mil ocupantes de cargos em comissão serão exonerados do Governo do Estado por conta da reforma administrativa. Eles passarão à condição de desempregados. **

REFORMA - As mudanças anunciadas para melhorar o caixa do tesouro sul-mato-grossense, de acordo com o secretário Eduardo Riedel, ajudarão o Estado a economizar cerca de R$ 134 milhões por ano. **

DEPOIS DO CARNAVAL I – O PMDB está se preparando para começar a discutir projeto de retorno ao Parque dos Poderes. A maioria peemedebista defende lançamento de candidatura própria. **

DEPOIS DO CARNAVAL II – O presidente estadual da legenda, deputado Junior Mochi, também não descarta a possibilidade de compor com outra sigla nas eleições de outubro de 2018. **

LAMENTÁVEL – Se a palavra quando empenhada antes era sinônimo de honradez e compromisso ético, atualmente tem político que não é nada ‘modesto’ em descumprir o que fora acordado com terceiro. **

NOVA ELEIÇÃO I - Por abuso de poder econômico, o prefeito de Nova Andradina, José Gilberto Garcia, e o vice, Newton Luiz de Oliveira, tiveram os diplomas cassados na ultima quarta-feira (22). **

NOVA ELEIÇÃO II – Prefeito e vice foram declarados inelegíveis e o município a 288 quilômetros de Campo Grande deverá ter novas eleições. Garcia venceu a disputa com a Roberto Hashioka por 27 votos. **

FEMINICÍDIO I - Foi condenado a 11 anos e 3 meses de reclusão, em regime de pena fechado, o auxiliar de serviços gerais José Correia de Carvalho, pela morte de sua mulher Gisele da Silva Pereira. **

FEMINICÍDIO II - Ela foi morta com três golpes de facas, das quais perfuraram o tórax, nádegas e abdômen. Gisele ficou internada por quatro meses para tratamento de saúde, vindo a falecer no dia 3 de setembro de 2014. **

MÁ-GESTÃO – MS agora tem Controladoria-Geral. O objetivo é prevenir e atuar contra a má-gestão de recursos públicos. Está à frente do trabalho o auditor federal de finanças Carlos Eduardo Girão, que foi cedido pela União. **

QUEBRADOS - A suspensão do pagamento de dívidas de estados com problemas financeiros custará R$ 37 bilhões à União nos próximos três anos, disse a secretária do Tesouro Nacional, Ana Paula Vescovi. **

BARÃO DE ITARARÉ – Se você tem dívida, não se preocupe, porque as preocupações não pagam as dívidas. Nesse caso, o melhor é deixar que o credor se preocupe por você. **

Envie seu Comentário