Ponta Porã, Segunda-feira, 22 de janeiro de 2018
25/03/2017 09h10

Leia a Coluna Pontaporainforma deste sábado, 25 de março

Governador Azambuja fortalece as suas bases eleitorais.

Por: Tião Prado
 
 
  • Olá, estamos de volta com a coluna Pontaporainforma e vamos começar falando a respeito dos fatos políticos em nossa região. Primeiro a nomeação do ex-prefeito de Amambai, Dirceu Lanzarini para o cargo de assessor especial para as cidades do Conesul do estado.

Lanzarini foi prefeito de Amambai por três vezes e sempre desempenhou um ótimo trabalho. É político experiente e só tem a acrescentar a equipe de Reinaldo Azambuja.

E o segundo fato, foi a não presença do deputado Federal do PMDB, Carlos Marun na audiência pública que discutiu a PEC da previdência em Ponta Porã e que esta rendendo muita dor de cabeça para o parlamentar que provavelmente vive, neste momento, o seu inferno astral, alem das inúmeras discussões que encara em Brasília ao defender a aprovação da PEC e ainda bate boca nas redes sociais com cidadãos de várias partes do estado.

Uma coisa a respeito de Marun pode-se dizer: Ele faz tudo o que for possível para manter uma amizade sincera.

Foi a Curitiba visitar o Cunha, deu o que falar, mas foi fiel ao seu amigo Cunha e agora esta firme e forte ao lado do presidente Temer, isso sem contar a sua fidelidade ao ex-governador Puccinelli. Este é o Carlos Marun, só se espera que os seus eleitores o entendam, senão...

  • Em Ponta Porã se ouve muito a respeito do andamento da administração Hélio Peluffo Filho. O prefeito tem mantido encontro com todos que o procuram no paço municipal e as reuniões vão se sucedendo uma após outra. Outro ponto interessante é que vira e mexe o prefeito esta fazendo visita aos órgãos públicos da cidade. Nos finais de semana, vai aos campos dos bairros prestigiar os eventos esportivo e circula pelo centro da cidade.

Se ouve falar das dificuldades neste inicio de mandato. É reclamação com a deficiência na coleta do lixo, pois o caminhão passava no mínimo duas vezes por semana em alguns bairros e hoje passa apenas uma. Em outros bairros se pede o patrolamento das ruas que estão cheias de crateras e se ouve reclamação até contra a dona Jurema, aquela que "trás seu amor de volta", devido a poluição visual da cidade, nesse caso fica a dica ao responsável por essa área.

Mas o prefeito está procurando fazer o seu trabalho e nós que estamos de fora vamos acompanhando e torcendo para acertar, pois quem vai ganhar com a administração dando certo é a população da cidade.

  • Foi só publicar aqui na coluna algumas linhas falando a respeito do Clube de imprensa, que fomos ‘tirados da lista de e-mails do presidente do órgão’, pois sempre nos mandava informações e nós sempre publicamos tudo, mas nos últimos dias ficamos sabendo de reunião para tratar de eleição e até anúncio de festa e não recebemos nenhuma nota para publicação. Ficamos sabendo por ver em outros veículos de comunicação, mas no email do Pontaporainforma não chegou nada....infelizmente.

  • Sanesul - pelo que se vê, a empresa está sem sorte. No inicio do mês teve problemas com algumas bombas e faltou água em vários bairros da cidade; já nesta semana que passou, novamente recebemos em nossa redação mais um anuncio da empresa de que os problemas foram maiores do que o esperado e teremos mais um período de falta de água em vários bairros.

A reclamação é geral, porque chega no final do mês a cobrança vem e vem com força, não existe nenhum desconto e a população fica sem saber o que fazer e a quem reclamar. Vamos tentar entrar um contato com o gerente local, Marcio Cruz e procurar mais informações.

 
  • O atual prefeito da cidade de Amambai é o médico Ednaldo Luis de Melo Bandeira, mais conhecido como Dr Bandeira, que foi vice-prefeito de Sérgio Barbosa e que graças a essa amizade de longa data conseguiu assumir uma prefeitura enxuta e conseguiu andar com as próprias pernas.

Bandeira já lançou várias obras, entregou outras que estava em fase final de acabamento, esta pagando salários em dia e o mais importante, já conseguiu viabilizar inúmeros recursos em emendas federais e estaduais, tanto dos deputados, como também por parte do governador Reinaldo Azambuja, que é do seu partido o PSDB.

Acredito que o governador, tenha pelo menos informado ao prefeito Bandeira, de que iria convidar o Dirceu Lanzarini para assumir um cargo em seu governo, questão de respeito e o Bandeira, sendo o politico democrático que é, soube entender o andamento da situação.

  • Dia 10 de abril os prefeitos que assumiram os seus cargos no dia 1º de janeiro vão completar 100 dias de administração. Em épocas passadas este era um dia de comemorações por parte dos administradores. Neste ano, devido a crise que o país passa, vamos aguardar para ver o teor dos discursos dos novos 'alcaides'.

Esportes:

  • O amigo professor Hugo da Costa, diretor da FUNCESPP, fez uma brilhante parceria com o presidente da ACEPP, e juntos vão realizar a Copa dos comerciários, evento que vai reunir a maioria dos funcionários das empresas filiadas a associação comercial.

Será uma grande integração dos colaboradores das empresas no Ginásio de Esportes Pepe Portela.

  • Esta terminando o sofrido campeonato estadual do Mato Grosso do Sul. Sofrido sim, os clubes investem em elenco, comissão técnica e tudo que precisa, mas depois de nove rodadas se não se classifica entre os 4 do grupo diz adeus a competição e uns mais azarados ainda, acabam caindo para a segunda-divisão.

Quando estivemos em Campo Grande para assistir o Comerário, sendo entrevistado pelo amigo Artur Mário da Rádio Cultura, fizemos um apelo aos diretores da Federação para que faça o estadual todos contra todos em ida e volta e os quatros, seis ou oito primeiros colocados passem para a fase final.

Porque desta maneira, os considerados grandes do estado, passariam a viajar pelo interior, teríamos jogos do Operário e Comercial jogando em Corumbá,Dourados, Navirai, Mundo Novo e em Ivinhema, isso sim seria a verdadeira salvação do nosso campeonato.

Mas pelo visto não é o que querem os nossos dirigentes, que a anos estão no poder e nada fazem para mudar o evento de direção e beneficiar todos de atletas, passando por dirigentes e chegando a imprensa, torcedores, que gostam de esporte que encantam a todos onde é realizado.

Ponto final, chegamos ao final da nossa coluna essa semana, um forte abraço e até a próxima semana, ou na outra...

Envie seu Comentário