Ponta Porã, Quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017
26/12/2016 05h50

Precisamos sair desta enrascada - Waldir Guerra

Michel Temer está enrolado na Lava-Jato? Sim, como praticamente todos os políticos com mandato, mas isso não significa que seja culpado, pois ainda não foi sequer denunciado.

Divulgação (TP)
 
 

Por ser o último artigo do ano, a regra geral recomenda comentar os grandes acontecimentos neste difícil ano de 2016. Ou melhor: fazer uma retrospectiva do que ocorreu conosco e com nosso Brasil. Mas é melhor, não. Deixemos de lado as coisas ruins e vamos apoiar as coisas boas que aconteceram a fim de sairmos dessa enrascada.

As pesquisas dizem que o presidente Michel Temer anda muito mal na opinião da maioria dos brasileiros. Está com 70% de rejeição. Mas gente! Como já disse aqui outras vezes: é o que temos pro momento! Essa história de nova eleição indireta feita pelo Congresso como manda nossa Constituição para substituir Michel Temer na Presidência é perda de tempo, pois a quase totalidade dos atuais políticos competentes estariam impedidos de ser eleitos.

Michel Temer está enrolado na Lava-Jato? Sim, como praticamente todos os políticos com mandato, mas isso não significa que seja culpado, pois ainda não foi sequer denunciado.

Então, Michel Temer tem o direito – e a obrigação também – de governar o Brasil e em minha opinião está indo bem.Ele já aprovou a PEC dos gastos públicos, uma reforma necessária para conter os crescentes gastos com despesas correntes, sem isso o Brasil iria quebrar de vez, assim como aconteceu com o Estado do Rio Grande do sul e o Rio de Janeiro – que já não conseguem pagar os salários dos seu funcionários.

Tem mais: Michel Temer aprovou na Câmara dos Deputados a Medida Provisória para o Ensino Médio apesar da violenta pressão dos sindicatos dos professores que, mesmo vendo que o Brasil tem uma das piores avaliações no PISA (Programa Internacional de Avaliação de Alunos) se opõem às reformas do ensino, tão necessárias.

Com outra MP, Medida Provisória, Temer colocou ordem na Eletrobrás salvando-a de um desastre financeiro feito pela ex-presidente Dilma Rousseff. Na Petrobras aconteceu o mesmo desobrigando-a de participar de todos os leilões na exploração no pré-sal. Agora suas ações já valem 3 vezes mais.

Talvez o maior feito do presidente Temer – e que a maioria dos brasileiros ainda não se apercebeu – foi a ajuda aos Estados para pagar despesas neste final de ano com parte do imposto sobre a legalização de recursos no exterior. Para receber esse dinheiro os Estados têm que aprovar plano de contenção de despesas futuras. E o plano necessita ser aprovado na Fazenda Nacional – Penso que com isso os governadores terão como enfrentar o corporativismo dos funcionários públicos e encerrar a farra dos gastos nos Estados.

Michel Temer já mandou ao Congresso Nacional uma proposta para a Reforma da Previdência. Sem essa reforma o país não conseguirá equilibrar suas contas e apesar de saber das dificuldades para sua aprovação, este mérito é dele porque nenhum outro presidente atreveu-se a enfrentar o problema. Assim como nenhum antes tentou melhorar a caquética CLT. Temer está propondo boas alterações a fim de aumentar a contratação de novos empregados.

Tudo isso com pouco mais de quatro meses! Agora pare e pense: tem alguém melhor que Michel Temer para levar o país até 2019? Seja sincero e reconheça que o melhor que temos para o momento é ele mesmo. Outras opções quaisquer que sejam serão piores.

Desculpe-me, mas essa questão me leva à mesma resposta de uma queixa que estive fazendo ao médico geriatra quando lhe disse que ficar velho era difícil e ele me respondeu que a outra opção seria pior. É mesmo...e tive de concordar.

Sendo assim, a melhor ajuda que podemos dar é apoiarmos as coisas boas que aconteceram até aqui com Michel Temer para sairmos logo desta enroscada.

Um FELIZ 2017 a todos!

  • Membro da Academia Douradense de Letras; foi vereador, secretário do Estado e deputado federal.

(wguerra@terra.com.br)

Envie seu Comentário