Ponta Porã, Quinta-feira, 18 de janeiro de 2018
22/11/2017 16h

Comissão Atlética da Califórnia adia julgamento de doping de Jon Jones.

Lutador, que foi flagrado em exame na véspera do UFC 214, seria ouvido no dia 12 de dezembro, mas audiência foi prorrogada para o começo de 2018.

Top Mídia News
 
 
Foto: Globo Esporte. Foto: Globo Esporte.

Comissão Atlética do Estado da Califórnia (CSAC) decidiu postergar o julgamento do doping de Jon Jones. O lutador, que foi flagrado em exame antidoping na véspera do UFC 214, cumpre suspensão temporária.

A audiência que determinaria o futuro do ex-campeão estava agendada para o dia 12 de dezembro, mas segundo entrevista do diretor executivo da CSAC, Andy Foster, ao site "MMA Junkie", foi adiada para o início de 2018 e deve acontecer entre o final de fevereiro e início de março. Além do processo na comissão atlética, Jon Jones também está sujeito a sanções por parte da USADA, agência que controla o programa antidoping do UFC.

Com um cartel de 21 vitórias, uma derrota e uma luta sem resultado, Jones foi flagrado no dia 28 de julho com a substância turinabol, utilizada para ganhos de massa muscular. O atleta solicitou a contraprova do exame, mas o resultado comprovou o doping. Por conta disso, ele foi destituído do posto de campeão dos meio-pesados, e o UFC devolveu o cinturão a Cormier.

O americano tem um longo histórico de "lambanças" no UFC, tendo se envolvido em vários acidentes de trânsito e falhado em outros dois exames antidoping anteriores. Ele também já perdeu o cinturão do Ultimate por duas vezes por conta de seu mau comportamento fora do octógono.

Envie seu Comentário