Ponta Porã, Terça-feira, 23 de janeiro de 2018
09/07/2017 05h50

Corinthians derrota a Ponte e mantém sequência impecável

Gols de Jadson e Jô fazem time de Fábio Carille atingir 32 pontos, ainda mais firme na ponta da tabela do Brasileirão.

Lance
 
 
Foto: Daniel Vorley/AGIF / LANCE! Foto: Daniel Vorley/AGIF / LANCE!

"Acorda cedo para ir trabalhar, e o relógio de ponto a lhe observar...". Invicto agora há 26 partidas na temporada, o Corinthians seguiu sua rotina de partidas sem perder neste sábado, quando recebeu a Ponte Preta na Arena de Itaquera e venceu por 2 a 0, com gols de Jô e Jadson. Em 12 partidas do Campeonato Brasileiro, o time do técnico Fábio Carille chega a 32 pontos, cada vez mais consolidado na liderança, invicto e fortalecido. Derrota não está no vocabulário corintiano. Ou, como cantariam os Titãs, já é rotina, rotina...

Para enfrentar os líderes, o técnico Gilson Kleina armou uma equipe preparada para aproveitar os erros e espaços do Corinthians. Com "as quatro paredes a lhe massacrar", o Timão teve trabalho e sofreu com falta de alternativas e também com a atuação de Emerson Sheik, que segurava a bola muito bem no campo de ataque. No início, as chances se resumiram a um chute de Lucca próximo da trave esquerda de Cássio e uma finalização de Gabriel bem defendida por Aranha.

Uma bicicleta e um cabeceio de Romero foram indícios de que algo bom ocorreria para o Timão. Naquele momento, o Corinthians "daria tudo pra ver o que acontece lá fora". E foi justamente de um cruzamento de Romero na área que Jô superou Rodrigo e cabeceou para boa defesa de Aranha. No rebote, Guilherme Arana tocou para trás, a bola desviou, e Jadson apareceu livre para marcar aos 46 minutos do primeiro tempo, após lindo movimento corporal. Gol do Corinthians? Rotina, do tipo "no lar a sua esposa lhe serve o jantar, e os filhos brincam na sala de estar...".

Se Kleina armou durante o intervalo alguma estratégia para derrotar Carille, não deu certo logo de cara. Antes de o relógio apontar dois minutos de segundo tempo, Jadson lançou Rodriguinho, que achou Jô livre na área para bater de esquerda sem chances para Aranha. Gol do vice-artilheiro do Brasileirão? Rotina, no maior estilo "levanta da poltrona e liga a TV, chegou a hora do programa começar".

Quer outra rotina, tipo "o homem da TV lhe dizer o que fazer"? Cássio pegando pênalti. Em lance confuso do árbitro Ricardo Marques Ribeiro, Sheik caiu na área após empurrão de Guilherme Arana e Lucca bateu o pênalti para a segunda defesa seguida do goleiro corintiano, dando à equipe o sexto jogo sem sofrer gol no Brasileirão.

De forma tão natural quanto um cidadão que acorda cedo para ir trabalhar, brinca com os filhos, assiste TV e termina a noite na cama com a esposa, o Corinthians venceu mais um jogo do Brasileirão. "Até quando ele vai aguentar?", questiona a música. Ninguém sabe. São 26 jogos, e contando...

 
Corinthians x Ponte Preta
Foto: Marcello Zambrana/AGIF / LANCE! Corinthians x Ponte Preta
Foto: Marcello Zambrana/AGIF / LANCE!

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 2 X 0 PONTE PRETA

Local: Estádio de Itaquera, em São Paulo (SP)

Data: 8 de julho de 2017, sábado

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG)

Assistentes: Guilherme Dias Camilo (Fifa-MG) e Pablo Almeida da Costa (MG)

Público e renda: 32.877 pagantes/R$ 1.974.902,30

Cartões amarelos: Pablo, Arana (COR); Jadson, Emerson Sheik (PON)

GOLS: Jadson, 46'/1ºT (1-0); Jô, 1'/2ºT (2-0)

CORINTHIANS: Cássio; Léo Príncipe, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel, Maycon (Camacho, aos 31'/2ºT), Jadson (Pedrinho, aos 38'/2ºT), Rodriguinho e Romero; Jô (Kazim, aos 27'/2ºT) Técnico: Fábio Carille

PONTE PRETA: Aranha; Nino Paraíba, Marllon, Rodrigo e Fernandinho; Fernando Bob, Jadson (Lins, aos 30'/2ºT), Elton (Wendel, aos 10'/2ºT) e Renato Cajá (Claudinho, 35'/2ºT); Lucca e Emerson Sheik Técnico: Gilson Kleina

Envie seu Comentário