Ponta Porã, Sexta-feira, 20 de janeiro de 2017
28/12/2016 14h50

Federação oficializa Circuito Estadual de Badminton em Mato Grosso do Sul

Para 2017, foi definido também a realização do Campeonato Brasileiro Escolar de Badminton em Campo Grande - para atletas entre 15 e 17 anos.

Correio do Estado
 
 
Número 1 no país, Ygor Coelho foi uma das atrações do Rio 2016 e ajudou a difundir a modalidade entre brasileiros - Foto: DIVULGAÇÃO / olimpÍada todo dia Número 1 no país, Ygor Coelho foi uma das atrações do Rio 2016 e ajudou a difundir a modalidade entre brasileiros - Foto: DIVULGAÇÃO / olimpÍada todo dia

Modalidade que chamou a atenção nos jogos do Rio 2016, o badminton deixará de ser amador em Mato Grosso do Sul. Com o aumento de adeptos em todo o país, principalmente após a Olimpíada, a Federação Escolar de Esportes de MS (Feems) oficializou a criação do Circuito Estadual, com rankink para os competidores.

O presidente da Feems, Marco Aguilera, diz que serão sete etapas no circuito - a primeira em março, na Capital. Em uma delas também será realizado o Campeonato Estadual 2017. "Os representantes sul-mato-grossenses nas disputas nacionais serão definidos pelo ranking do Circuito Estadual", explica Aguilera.

Para formar futuros campeões, a federação vem divulgando a modalidade em dez escolas na Capital. O Projeto Conheça o Badminton tem atualmente, 230 estudantes inscritos. "Hoje não temos atletas profissionais. Acredito que em 3 ou 4 anos teremos um badminton competidivo no Estado", projeta o dirigente.

Para 2017, foi definido também a realização do Campeonato Brasileiro Escolar de Badminton em Campo Grande - para atletas entre 15 e 17 anos. Prevista para agosto, a competição definirá os jogadores da seleção brasileira que disputarão o próximo Campeonato Mundial Escolar da modalidade, na Índia.

"Teremos atletas de quase todos os estados no Campeonato Brasileiro, 25 federações praticamente já confirmaram presença", ressalta Aguilera. Por sediar o torneio, a Feems poderá ter duas equipes inscritas. Os atletas sairão do Projeto Conheça o Badminton.

VISIBILIDADE

O badminton é disputado nos Jogos Olímpicos desde a edição de Barcelona 1992, mas ganhou visibilidade no país, durante o Rio 2016, em agosto. O carioca Ygor Coelho, 20 anos, foi o primeiro brasileiro a disputar uma partida olímpica. Formado em projeto social na comunidade do Chacrinha, o jovem perdeu as duas partidas nos Jogos, mas foi aplaudido de pé pela torcida.

Agora, aproveitando o embalo olímpico com o aumento no número de praticantes, a Federação Escolar de Esportes de MS pretende levar a modalidade aos parques e praças esportivas na Capital.

Conforme o presidente da entidade, Marco Aguilera, um projeto foi apresentado à Fundação Municipal de Esportes (Funesp). "Queremos oferecer o badminton nos projetos esportivos da Funesp, vamos levá-lo a todos os locais a partir do próximo ano".

Além de não exigir um biotipo específico ao praticante, pessoas de qualquer idade podem jogar badminton por lazer ou diversão. "Tem uma mistura de fundamentos do tênis, do vôlei e usa peteca. Essa mescla que agrada as pessoas e qualquer um pode jogar", concluiu Aguilera.

Envie seu Comentário