Ponta Porã, Quarta-feira, 22 de novembro de 2017
27/12/2016 22h

Fronteira: Assassino atropelado não resiste a ferimentos e morre

Homem foi o responsável pelos tiros que acabou por tirar a vida da jovem Celia Gomez

Por: Dora Nunes
 
 

Foi confirmado, por volta das 19h30min, a morte de Julio Cesar Romero, de 33 anos, assassino e autor dos disparos que resultou na morte da jovem Celia Gomez, funcionária do Ministério público na cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero, fronteira com Ponta Porã.

Célia Gomez foi morta nessa terça-feira, dia 27, quando transitava junto com um agente da policia nacional em um veículo de cor prata, sendo que dois homens em uma moto cercaram o carro e atiraram várias vezes acertando e matando Célia. O policial atirou o carro contra os assassinos, atropelando Julio Cesar que foi socorrido. Já o outro assassino conseguiu fugir.

Julio Cesar estava sendo levado de ambulância para Assunção devido seu estado ser delicado, porem na altura de Bella Vista, não resistiu aos ferimentos e morreu. O corpo retornou ao Hospital Regional da cidade e após os trâmites legais foi liberado para a família.

De acordo com informações do site Amambay570, há uns 6 meses atrás, Julio Cesar Romero era integrante da banda de música da cidade de Pedro Juan Caballero, sendo que foi desligado já por rumores de que estava se dedicando a atividades ilegais. O assassino não tinha antecedentes criminais

 
Foto: amambay570 Foto: amambay570

Envie seu Comentário