Ponta Porã, Quinta-feira, 17 de agosto de 2017
21/01/2017 07h10

Homem que seria membro da facção criminosa PCC é baleado em atentado

Os disparos contra Roberto foram feitos por uma dupla que se aproximou de moto deles e fugiram logo após o ataque

Campograndenews
 
 
Foto: Poranews Foto: Poranews

Dois homens em uma picape Fiat Strada foram alvos de um atentado na tarde desta sexta-feira (20) em Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia que faz frontreira com Ponta Porã - localizada a 323 km de Campo Grande. Um deles foi atingido por seis disparos e foi levado em estado grave para o hospital.

Conforme informações as vítimas são Anibal Santa Cruz Alarcon, de 40 anos, e Roberto David Cardozo Rojas, de 25. O crime aconteceu na rua Cerro Corá, esquina com a José de Desus Martinez. Anibal dirigia o veículo e apenas foi atingido de raspão, enquanto Roberto foi alvejado por seis dos 15 tiros feitos com pistola calibre 9 mm.

Roberto ainda é apontado como o autor de uma tentativa de homicídio contra um policial militar em Ponta Porã, segundo o Porã News, que ainda revela que o rapaz tem um palhaço tatuado no braço, símbolo usado para identificar pistoleiros do PCC (Primeiro Comando da Capital) encarregados de matar policiais.

Os disparos contra Roberto foram feitos por uma dupla que se aproximou de moto deles e fugiram logo após o ataque. Ainda de acordo com a polícia paraguaia, que vai apurar o caso, Anibal contou que os dois estavam indo para uma casa montar um guarda-roupa. Roberto segue internado no Hospital Regional de Pedro Juan Caballero.

Envie seu Comentário