Ponta Porã, Quarta-feira, 24 de janeiro de 2018
23/12/2017 15h

Casal foge pela janela de incêndio que teria sido provocado pelo cunhado.

Homem não teria aceitado fim de relacionamento com irmã da vítima e já havia prometido acabar com todo mundo da família da ex.

Campograndenews
 
 
Móveis e equipamento queimados após incêndio (Foto: Divulgação). Móveis e equipamento queimados após incêndio (Foto: Divulgação).

Polícia Civil de Três Lagoas, distante 338 quilômetros de Campo Grande, investiga as causas de um incêndio em um imóvel do bairro Santa Luzia, na madrugada deste sábado (23). O fogo, que teve início por volta das 5h40, teria sido provocado e, o principal suspeito, é ex-cunhado de uma das moradoras do imóvel.

Segundo boletim de ocorrência, um casal dormia em um dos cômodos da casa, quando perceberam que o ventilador havia parado de funcionar. Eles tentaram entender o que estava acontecendo, quando se depararam com as chamas tomando conta da sala do imóvel.

As vítimas não conseguiram deixar o local pela porta principal, sendo preciso quebrar a grade da janela do quarto para fugirem. De acordo com a moradora, de 45 anos, o ex-cunhado não aceita o fim do relacionamento com sua irmã, e já havia ameaçado "acabar com toda a família" caso o namoro não fosse retomado.

Dias atrás, o suspeito, de 49 anos, já havia ateado fogo no carro do genro da vítima. No local do incêndio dessa manhã, foram encontrados uma vasilha contendo restos de comida e, em frente imóvel um chinelo que pode ter sido usado pelo suspeito e deixado durante a fuga.

Três viaturas do Corpo de Bombeiros, uma de resgate, outra de salvamento e uma incêndio, foram acionadas para atender a ocorrência. O fogo se concentrou na sala do imóvel e destruiu sofá, cortina, tapetes, aparelho de som, televisor, equipamentos eletrônicos e um colchão.

Peritos estiveram no local, mas ainda não foi revelado o que pode ter provocado o incêndio. Caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) de Três Lagoas.

Envie seu Comentário