Ponta Porã, Sexta-feira, 19 de janeiro de 2018
13/12/2017 15h40

Estudante é atropelado na 'Rodovia da Morte' em Dourados e o estado é grave.

O local já foi alvo de várias manifestações pela periculosidade.

Jornal O Progresso
 
 
(Foto: Cido Costa/Dourados Agora). (Foto: Cido Costa/Dourados Agora).

Estudante de 13 anos, atropelado na manhã desta quarta-feira (13) durante travessia na rodovia BR-463, em frente à Sitioca Campina Verde, sofreu traumatismo craniano grave e deu entrada no Hospital da Vida de Dourados. No trecho, considerado de alto risco, já ocorreram vários acidentes graves e dezenas de mortes.

Segundo informações repassadas para o DouradosAgora, Elton saiu de casa para fazer uma prova de recuperação, na Escola Franklin Azambuja, no BNH 4º Plano, e quando tentava cruzar a rodovia foi atingido por um veículo Sandero com placas do Estado de Santa Catarina (SC). A mãe disse ao DouradosAgora que não se lembra se o filho estava a pé ou de bicicleta.

Populares acionaram os bombeiros do 2º Grupamento de Dourados, que pediu apoio à Equipe Alfa do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) por conta do estado crítico da vítima.

Elton recebeu os primeiros socorros ainda no local do acidente e foi encaminhado para aquela unidade hospitalar. Conforme informações levantadas pelo DouradosAgora, o estado do estudante é muito grave.

O risco iminente no trecho da rodovia BR-463 que passa entre bairros de Dourados vem sendo alvo de inúmeros protestos de moradores que enfrentam o perigo todo os dias.

São milhares de trabalhadores e estudantes, incluindo menores de idade, que precisam atravessar a rodovia para chegar às escolas e locais de trabalho.

As famílias dizem que nunca sabem se quem saiu de casa volta no final do dia, por conta da fama da estrada já apelidada de "Rodovia da Morte".

Envie seu Comentário