Ponta Porã, Quinta-feira, 19 de abril de 2018
05/12/2017 18h20

Jovem é ameaçada depois de ser acusada de ter paquerado homem casado.

A jovem ficou com medo depois que ouviu boatos de que a mulher disse que iria "resolver a situação" em outro momento.

JD1 Notícias
 
 

No domingo (3) a jovem Gleice de Lima Ramos, procurou a policia para registrar um boletim de ocorrência por se sentir ameaçada por uma mulher, conhecida como Cibeli Silva, que a acusava de flertar com seu marido.

Conforme relato da vítima, ela foi até a casa da autora buscar a irmã, adolescente de 14 anos, e que ao chegar ao local, várias pessoas estavam bebendo e tomando banho de piscina. Ela chamou sua irmã para irem embora, mas a adolescente pediu para esperar um pouco. Gleice se sentou próximo da piscina para esperar pela irmã, quando uma senhora identificada como Josiani, a dona da casa, chegou e falou que ela devia sair dali.

A vítima disse para sua irmã que iria embora com ou sem ela e ao chegar próximo do portão da casa Cibeli chamou a vítima para uma conversa e disse que a mesma iria acertar as contas, pois a vítima teria dado em cima de seu marido. Fato que a vítima negou ter ocorrido e deixou o local.

Depois do ocorrido ficou sabendo por algumas pessoas que também estavam no local, que Cibeli havia dito que iria "resolver aquela situação" em outra oportunidade. A jovem sentiu-se ameaçada por Cibeli e registrou o Boletim de ocorrência para se resguardar. Mas não quis representar contra a autora.

A jovem foi orientada sobre a necessidade de apresentar testemunhas que comprovem o fato narrado caso queira processar a autora pela ameaça. O caso foi registrado na DP de Anastácio como ameaça.

Envie seu Comentário