Ponta Porã, Sábado, 24 de fevereiro de 2018
05/02/2018 06h30

Jovens com carros de GO dizem estar em festa, mas são presos com 750 kg de maconha

Policiais notaram nervosismo dos ocupantes do primeiro veículo e ao parar segundo carro, encontraram o entorpecente.

Agazetanews
 
 
Tabletes de maconha apreendidos em utilitário com placas de GO na MS-156 (Foto: PMR/Divulgação) Tabletes de maconha apreendidos em utilitário com placas de GO na MS-156 (Foto: PMR/Divulgação)

A Polícia Militar Rodoviária Estadual (PRE) apreendeu na noite de sábado (3), em Amambai, 750 quilos de maconha.

A droga em tabletes era transportada no interior de um Hyundai Tucson cor prata, placas de Goiânia-GO, segundo a PRE, com queixa de roubo.

A apreensão do veículo com a droga, a prisão do motorista, Lucas Martins Vieira, de 23 anos, morador em Iporã-GO e a prisão de outros três indivíduos que estavam em um Fox, supostamente servindo de "batedores de estrada", aconteceu durante barreira montada na Rodovia MS-156 entre Amambai a Caarapó.

Primeiramente, segundo a PRE, foi abordado o Fox cor cinza, placas de São Luiz dos Montes Belos-GO.

No carro estava Silvio Eduardo Farias Mello, de 29 anos, morador em Palminópolis, estado de Goiás, segundo ele já com passagem por tráfico em 2015 em Nova Andradina, Mato Grosso do Sul, Kássio Arlan da Silva, 27 anos, morador em São Luiz dos Montes Belos, em Goiás, segundo ele com passagem por furto e roubo no estado de Goiás em 2016 e Elvis Ferreira da Silva, de 24 anos, com dupla residência, em Campo Grande, em Mato Grosso do Sul e em Águas Lindas de Goiás, segundo ele já com passagem pela polícia pelo crime de receptação em 2016 na cidade de Ponta Porã.

 
Fotos: PRE Fotos: PRE

Logo após a abordagem do Fox, segundo a policia se aproximou o Tucson com a droga. Segundo o condutor, Lucas Martins, ele foi contratado na cidade de Goiânia e receberia R$ 5 mil para levar o carregamento de maconha de Coronel Sapucaia, fronteira com o Paraguai, até seu estado de origem.

Já os ocupantes do Fox disseram ter vindo de Campo Grande, onde estariam na casa de Elvis, para Amambai para visitar uma ex-namorada de Elvis e após uma festa na casa da mulher, que não souberam precisar o endereço, segundo a polícia, estariam voltando para a capital sul-mato-grossense.

Eles negaram envolvimento com o carregamento de drogas apesar, segundo relatou a PRE no boletim de ocorrência, que nos dois veículos foram encontrados telefones celulares contento os mesmos contatos, o que configura-se, de acordo com a polícia, que os ocupantes do Fox e do Hyundai Tucson estavam mantendo contato entre si.

Conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil de Amambai os quatro homens, os três ocupantes do Fox e Lucas Martins, foram autuados em flagrante pelo delegado, Dr. Fabrício Dias dos Santos, por tráfico interestadual de drogas e adulteração de sinal de veículo automotor.

O quarteto será submetido a audiência de custódia na tarte desta segunda-feira, 5 de fevereiro, junto ao Poder Judiciário em Amambai onde o juiz decidirá se mantém a prisão o libera os acusados para responder ao processo em liberdade.

Envie seu Comentário