Ponta Porã, Quarta-feira, 17 de janeiro de 2018
01/11/2017 18h20

Juiz paraguaio e assistente da prefeitura da fronteira são presos com quase uma tonelada de maconha

Homens estavam de posse de 950 quilos de maconha que teriam transportado da cidade de Capitão Bado, fronteira com Coronel Sapucaia (MS) até Goiânia

emaisgoias
 
 

Um juiz paraguaio e um assistente da prefeitura foram detidos na noite de terça-feira (31) por tráfico de drogas no Jardim Ipanema, região sudoeste de Goiânia. os mesmos foram identificados como Marcos Javier Galarza Saavedra (27) e o juiz Pablo Cesar Isasi (40) que estavam de posse de 950 quilos de maconha que teriam transportado da cidade de Capitão Bado na fronteira ate Goiânia, onde acabaram presos pelos agentes da Policia Militar.

Segundo informações, a Polícia Militar, a dupla de autoridades paraguaias foi abordado por agentes de Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam) que avistaram o veículo em que estavam, um VW Gol, em atitude suspeita pelo setor. Durante o procedimento, foram encontrados dez tabletes da droga escondidos dentro do veículo.

Ainda segundo a corporação, Pablo confessou que na casa dele estava escondida grande parte dos entorpecentes, que seriam distribuídos para abastecer Goiânia e Região Metropolitana. Além da droga, foram encontrados balanças digitais, embalagens para armazenamento e dinheiro.

Segundo informações o juiz e o assistente seriam integrantes de uma quadrilha que atua na região de fronteira entre o estado do Mato Grosso do Sul e o Paraguai.

Todo material apreendido e os suspeitos foram encaminhados para a Central de Flagrantes.

Envie seu Comentário