Ponta Porã, Quinta-feira, 20 de julho de 2017
18/05/2017 16h

Mais de 170 kg de cocaína pura são apreendidos em semirreboque na BR-262

Cloridrato de Cocaína tem alto valor comercial

Midiamax
 
 

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) apreendeu, nesta quinta-feira (18), mais de 170 kg de cocaína escondidos em um semirreboque, na BR-262, em Água Clara, a 193 km de Campo Grande. Cerca de 60% era de "Cloridrato de Cocaína" ou hidrocloridrato de cocaína, que é considerada a forma mais pura da droga e de alto valor comercial.

A droga estava oculta no semirreboque que era tracionado pelo veículo Volvo/NL 12, ambos com placas de Cáceres/MT, conduzido por um homem de 28 anos. Para retirada da droga foi necessário o uso de ferramentas especificas para abrir o compartimento de metal.

O cloridrato, ou hidrocloridrato de cocaína, é considerada a forma mais pura da droga. Sua mistura é multiplicada de 8 a 10 vezes para se obter a cocaína comercial. Para a produção de outras drogas derivadas, como o crack, a mistura pode ser multiplicada ainda mais.

O crime de tráfico de drogas tem pena prevista de cinco a 15 anos de prisão.

Cocaína boliviana

Ontem, a PF (Polícia Federal) de Corumbá, a 444 km de Campo Grande, deflagrou a Operação Rota de Fuga, que apurou o tráfico de drogas com transporte da Bolívia à Campo Grande. Antes de chegar à Capital, o entorpecente passava por estradas turísticas como a Estrada Parque Pantanal e a Estrada do Carandazal. Ainda na manhã, desta quarta-feira, 20 policiais cumpriram dois mandados de busca e apreensão e um mandado de condução coercitiva no Estado. Durante a investigação, ocorreram três prisões, envolvendo principais membros do grupo.

Envie seu Comentário