Ponta Porã, Quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018
18/01/2018 11h30

Operação do GAECO cumpre mandados em Dourados e outras duas cidades

"Operação Tagi" aconteceu nas cidades de Aral Moreira, Amambai e Dourados.

MS em Foco
 
 
Os mandados foram cumpridos na manhã desta quinta-feira.(Foto: GAECO) Os mandados foram cumpridos na manhã desta quinta-feira.(Foto: GAECO)

O Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado – GAECO e a 5ª promotoria de Dourados, com o apoio do Departamento de Operações de Fronteiras – DOF, do 3º Batalhão de Polícia Militar, do 3º CIPM e da Agência de Inteligência da PM de Dourados, deflagraram na manhã desta quinta-feira (18/01), a "Operação Tagi", nas cidades de Aral Moreira, Amambai e Dourados.

Foram cumpridos 07 mandados de prisão preventiva, 08 de busca e apreensão e além de sequestro de veículos, expedidos pelo Juiz da 1ª Vara Criminal de Dourados. Durante o cumprimento dos mandados na cidade de Aral Moreira, houve prisões em flagrante por posse de arma de fogo e munições. Participaram da operação Promotores de Justiça e Policiais Militares, lotados no GAECO, CESATOP, DOF, ALI/DOURADOS, 3º CIPM.

As investigações desenvolvidas durante nove meses para a instrução de Procedimento Investigatório Criminal que tramita no GAECO/MS comprovaram a existência de associação criminosa voltada ao tráfico de maconha, coordenada por integrantes de Aral Moreira, que contava com diversos integrantes espalhados pela região, especialmente em Dourados e Amambai, para distribuição de grandes quantidades de entorpecentes para diversos rincões do Brasil.

Operação Tagi

A Operação recebeu o batismo de "Tagi" em virtude da região situada na rodovia MS-386, entre Ponta Porã e Amambai, utilizada como uma das rotas de escoamento das drogas pelo grupo criminoso investigado.

Envie seu Comentário