Ponta Porã, Sábado, 24 de fevereiro de 2018
15/01/2018 18h40

Polícia Civil de Caarapó prende casal de traficantes de drogas na Vila Planalto.

Denúncias indicavam que o casal comercializava drogas no local.

Alô Caarapó
 
 

Uma equipe de Policiais Civis de Caarapó, com o apoio de uma guarnição de policiais militares do Canil de Dourados-MS, em cumprimento do mandado de busca e apreensão domiciliar.

O mandato expedido pelo poder judiciário desta comarca, na manhã desta segunda-feira(15), na Rua Cuiabá, 702, Vila Planalto, Caarapó, efetuou a prisão de T.S.A. de 23 anos de idade e sua companheira A.P.F.S. de 25 anos de idade, vez que havia diversas denúncias que o casal comercializava drogas no local.

Por volta de 7h30 os policiais bateram na porta da casa onde o casal reside e chamaram pelos moradores, anunciando que eram policiais, mas os moradores não abriram a porta, sendo percebido por uma das janelas, que é de vidro, a movimentação no interior da casa e barulho de descarga no banheiro.

Imediatamente a porta dos fundos foi arrombada e o casal detido.

O casal negou que havia drogas ou armas de fogo ou qualquer outro objeto ou material ilícito na casa deles, mas depois de o cão passar a farejar a residência A.P.F.S. virou-se de costas e tirou de suas partes íntimas um pedaço de Crack que estava em sua calcinha.

Em seguida um simulacro de arma de fogo foi encontrado sob a cama do casal. Em cima do guarda-roupas havia uma munição intacta de calibre .38.

No armário da sala havia duas porções de substância análoga a maconha. No vaso sanitário havia 10 porções da droga crack sobre a água.

T.S.A. demorou para abrir a porta porque tentava se desfazer do crack no vaso sanitário, porém nem todas as porções foram pela descarga.

Foi encontrada certa quantia em cédulas de dinheiro nacional dentro da casa.

T.S.A. disse que ele e sua mulher vendiam cada porção de crack por R$10,00, dez reais.

O casal foi conduzido para a Delegacia e apresentado ao Delegado titular, sendo deliberado que fossem realizadas as apreensões dos objetos, dinheiro e drogas que estavam no interior da casa do casal.

Envie seu Comentário