Ponta Porã, Segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018
06/02/2018 09h30

Ponta Porã: Suspeito de extorsão e ameaça apanha de populares até chegada da PM

Ele teria dito que era do PCC

Midiamax
 
 
Divulgação Divulgação

Um homem de 41 anos foi preso suspeito por ameaça e extorção na tarde de ontem, segunda-feira (05) na rua Epitácio Pessoa no Bairro Granja em Ponta Porã, MS.

Uma das vítimas disse que o autor chegou no lava jato onde trabalha, teria dito que era do PCC e que era para a vítima dar R$ 10 mil. "Você caguetou o M. e você vai ter que pagar o advogado", teria dito o suspeito.

Depois disso, ainda segundo o registro, ele saiu do lava jato e foi em direção a funilaria do tio da vítima e, com uma arma na cintura, disse as mesmas palavras. Temendo pela integridade física, o dono da funilaria disse que daria R$ 5 mil ao meio dia desta terça-feira (06).

Após três horas, o suspeito passou novamente em frente ao lava jato, percebeu que todos estavam reunidos e parou. Um grupo que estava em frente ao lava jato percebeu que o autor estava desarmado, momento em que começou uma briga generalizada.

Consta que populares que passavam na rua, ajudaram a bater após ouvirem que tratava-se de um ladrão. As agressões só pararam com a chegada da polícia. Todos foram levados à delegacia e o caso foi registrado como extorsão.

Envie seu Comentário