Ponta Porã, Sábado, 21 de abril de 2018
09/08/2017 14h20

‘Prefiro que a loira me atenda': diz cliente em restaurante a funcionária negra

Funcionária afirmou nunca ter visto a mulher

Midiamax
 
 

Uma funcionária negra de um restaurante na cidade de Três Lagoas distante 338 quilômetros de Campo Grande, passou por momentos de constrangimento e discriminação racial, quando tentava atender uma mulher e sua família.

A mulher estava acompanhada de seu marido e filhos quando se sentou a uma mesa do estabelecimento e a funcionária teria ido fazer o atendimento, momento em que a mulher disse a moça, "Não, não. Prefiro ser atendida pela loirinha’.

Sem entender nada a funcionária pediu para que a colega fosse atender os clientes. Após isso a mulher não fez mais nenhuma exigência. Ao se dirigir ao caixa para pagar a conta, a funcionária questionou a cliente o que teria acontecido para ela não querer ser atendida pela outra funcionária.

A cliente respondeu, "Questão de gosto, prefiro ser atendida pela loirinha", respondeu a mulher. Ainda de acordo com o site JP News, a funcionária vítima de racismo ficou desorientada sem saber o que estava acontecendo.

A vítima disse que nunca tinha visto a cliente e que não teria nenhuma desavença anterior para a atitude.

Envie seu Comentário