Ponta Porã, Segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018
27/01/2018 20h

Suspeito de atirar em adolescente é preso na casa da irmã e confessa crime

Segundo a polícia, o rapaz de 23 anos estava com a arma usada no crime e disse que atirou porque levou tapa no rosto.

G1 MS
 
 
Arma de onde saiu tiro que atingiu adolescente (Foto: BPChoque/ Divulgação) Arma de onde saiu tiro que atingiu adolescente (Foto: BPChoque/ Divulgação)

O suspeito de atirar em uma adolescente de 16 anos, em Campo Grande, foi preso na noite de sexta-feira (26), na casa da irmã dele, por policiais do Batalhão de Choque da Polícia Militar (PM). A menina está internada em estado grave na Santa Casa.

De acordo com a polícia, o rapaz estava em uma fazenda perto da MS-080, a 20 quilômetros da área urbana da capital sul-mato-grossense. Ele estava com o revólver usado no crime, com três munições deflagradas e três intactas, e disse que atirou na adolescente porque ela deu um tapa no rosto dele.

A polícia informou que a menina é de Sidrolândia e foi passar uns dias em Campo Grande, que fica a 70 quilômetros de distância, com uma amiga maior de idade. Ela conheceu o rapaz, que é peão de fazenda, e os dois começaram a ficar juntos.

O crime aconteceu no início da madrugada de sexta-feira (26) quando o casal discutiu, depois da adolescente ter ingerido bebida alcoólica com quatro amigos na casa de um deles. O suspeito teria saído da casa, voltado minutos depois, dado um tiro para o alto no meio da rua, entrado na casa e atirado contra a menina que estava na varanda.

O peão tem ficha criminal por tentativa de homicídio e por homicídio.

Envie seu Comentário