Ponta Porã, Segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018
30/09/2017 08h40

Chapa 1 vence e João Moreira assume a presidência do Sisalms

A nova gestão é para o biênio 2017/2019 e assume com R$ 26 mil em caixa, dois carros e uma ambulância.

Agência ALMS
 
 
A eleição correu normalmente no Plenarinho Deputado Nelito Câmara nesta sexta-feira.
Foto: Evellyn Rabelo A eleição correu normalmente no Plenarinho Deputado Nelito Câmara nesta sexta-feira.
Foto: Evellyn Rabelo

João Moreira recebeu os cumprimentos dos colegas pela vitória por uma diferença de 92 votos. Ele foi eleito o presidente do Sindicato dos Servidores da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (Sisalms), nesta sexta-feira (29/9), com 284 votos. O vice-presidente é Marcelo Ortiz e o 1° tesoureiro é Edival Melo da Silva.

Estavam aptos a votar 850 servidores, que contribuem anualmente ao sindicato. A Chapa 3 - 'Com Fé para Renovar', foi encabeçada por Delson Robney Viana, como presidente e Gisele Martins Carvalho de vice-presidente, e recebeu 192 votos. Houve sete votos em branco e oito nulos.

"Todos os servidores serão beneficiados com a nossa chapa. Nosso compromisso é atender todos os segmentos dos servidores desta Casa de Leis, tanto efetivo, como comissionado e aposentado. Nossa meta é essa e vamos cumprir e isso que nós pregamos aqui nos corredores durante a eleição. Realmente não tem divisão dos funcionários, tem união, tanto que o nome da nossa chapa é 'União e Compromisso, Juntos Somos Fortes', então estamos nos unindo agora, e o compromisso é de aprovar nossas propostas e realmente avançar", declarou Moreira.

A nova gestão é para o biênio 2017/2019 e assume com R$ 26 mil em caixa, dois carros e uma ambulância. O Sindicato tem sede própria e está localizado na Rua Nicolau Fragelli, 222, no Bairro Amambai. O trabalho de ser presidente do Sisalms é voluntário, ou seja, não há qualquer remuneração a mais pelo cargo. Por outro lado é o mandato classista, com benefício de que o servidor não poderá ser removido ou redistribuído de ofício para localidade diversa daquela onde exerce o mandato.

Ao ser eleito para a diretoria do Sisalms, também é de responsabilidade da presidência participar de congressos sindicais com as outras Assembleias Legislativas do País; indicar dois membros para a diretoria e Conselho Fiscal da Caixa de Assistência dos Servidores do Estado de Mato Grosso do Sul (Cassems); participar do Conselho Sindical da Cassems; entre outras demandas em prol do servidor estadual do Legislativo.

A votação ocorreu desde às 8h30 e foi finalizada às 16h. A comissão eleitoral foi formada pelos servidores Jorge Cárceres (presidente), Luís Henrique de Souza (secretário-geral) e Fernando de Matos Wanderley Neto (1º secretário). "Foi uma eleição que demonstrou a participação dos servidores e desejo que a nova diretoria possa atender os interesses de todos nós", destacou Cárceres.

Envie seu Comentário