Ponta Porã, Terça-feira, 12 de dezembro de 2017
06/08/2017 17h40

Confira a entrevista da Semana com Vereador Otaviano Cardoso

Otaviano falou sobre o primeiro semestre à frente da Casa de Leis

Por: Dora Nunes
 
 
Foto: Tião Prado Foto: Tião Prado

O presidente da Câmara de Vereadores de Ponta Porã, vereador Otaviano Cardoso concedeu entrevista ao jornalista Tião Prado no programa FM em Notícias na rádio Cerro Corá 91.5 FM onde explanou sobre sua gestão no primeiro semestre à frente da Casa de Leis afirmando que contando com o apoio dos demais nobres edis, conseguiu implantar novo sistema de trabalho do legislativo, onde vários contratos foram "cortados" para adequar a Câmara a nova realidade que vive o País, já que houve o aumento de dois vereadores e consequentemente, aumentou-se as despesas.

Otaviano lembrou que mesmo com corte de despesas, conseguiram valorizar os servidores concedendo a reposição de salário devida e já houve pagamento de parte do décimo terceiro, além de condição de trabalho aos vereadores, onde cada gabinete tem seus computadores. Houve ainda uma reforma na parte da recepção para melhor atender a população e nesse primeiro semestre, Otaviano disse que foi apresentada mais de 700 indicações de serviços e obras para toda a população. " O trabalho do vereador é pedir e quem tem o poder de fazer a obra, quem tem a caneta para assinar, é o prefeito", lembrou Otaviano, enfatizando que a parte que cabe aos vereadores, esta vem sendo feita.

Acerca de realização de audiência pública, Otaviano Cardoso lembrou que várias audiências forma feitas, citando a da Reforma Trabalhista; Reforma da Previdência; atendimento do Hospital Regional de Ponta Porã; violência contra a mulher. "E nós queremos fazer no mês de agosto uma audiência para tratar da questão do acolhimento dos acadêmicos de medicina na nossa fronteira, visto existir denúncias de xenofobia em algumas faculdades, onde até mesmo algumas questões de prova vem sendo feitas em guarani", afirmou o presidente da Casa de Leis.

Falando sobre as Diretrizes Orçamentárias, Otaviano Cardoso disse que no projeto da LDO é estabelecido o que o prefeito vai fazer no próximo ano, dessa feita, o que se pediu agora para o prefeito deverá constar na Lei Orçamentária de 2018. "Foram apresentadas 46 emendas pedindo construção de creches, obras em diversas localidades de Ponta Porã e que estas solicitações dos vereadores sejam incluídas no orçamento", disse o vereador.

Para o segundo semestre, Otaviano disse acreditar que os trabalhos serão mais dinâmicos, com mais debates em torno de matérias importantes. "Nós, vereadores, somos representantes do povo e precisamos ouvir as vozes das ruas, então é a população que vai dar a direção do nosso mandato", disse Otaviano Cardoso, enfatizando que sempre foi bastante crítico e não é por ter sido eleito na chapa do lado do prefeito que irá mudar sua postura. "Aquilo que eu entender que o prefeito não está fazendo legal, vou estar cobrando e o que entendo que o prefeito está fazendo bem feito, com toda certeza, receberá meu reconhecimento e assim acredito que será a postura da maioria dos vereadores", afirmou Otaviano.

Falando das próximas eleições, o nome de Otaviano Cardoso é lembrado para sair candidato a deputado, onde o vereador falou que é a população que avalia o trabalho desenvolvido e que coloca um nome a disposição, sendo que atualmente a cidade tem um grande representante na política que é o deputado Flávio Kayatt. "Caso Kayatt não dispute a eleição, nós temos aí um grande espaço e mesmo que Kayatt saia candidato, nada impede que Ponta Porã tenha outros nomes postulando tal vaga", disse Otaviano lembrando ainda que Ponta Porã já teve dois deputados federais, um senador e três deputados estaduais. "Sim, eu Otaviano Cardoso coloco meu nome na disputa a deputado estadual ou federal, se essa for a vontade do povo e havendo espaço dentro do PSDB ou onde tiver a aceitação e o apoio", finalizou o vereador.

Nessa terça-feira, dia 08, os trabalhos do segundo semestre serão iniciados no legislativo com sessão às 14h.

 

Envie seu Comentário