Ponta Porã, Domingo, 20 de maio de 2018
03/10/2017 18h20

Deputados participam da 6ª Conferência Estadual das Cidades de MS

Amanhã, o projeto Florestinha apresentará um vídeo motivacional.

Agência AL MS
 
 
Foto: Evellyn Rabelo (ALMS) Foto: Evellyn Rabelo (ALMS)

O deputado estadual Amarildo Cruz (PT) representou a Assembleia Legislativa nesta terça-feira (3/10) na abertura da 6ª Conferência Estadual das Cidades de Mato Grosso do Sul. O evento, que acontece no Centro de Convenções Arquiteto Rubens Gil de Camilo, em Campo Grande, vai debater "A Função Social da Cidade e da Propriedade" com o tema "Cidades Inclusivas, Participativas e Socialmente Justas".

Conforme o parlamentar, a realização da conferência em Mato Grosso do Sul é muito importante para a valorização da democracia e da luta popular em busca de mais moradias. "Parabéns ao governo pela realização do evento. Quero saudar todos os colaboradores da Agehab, onde tenho muitos amigos, que ajudam construir a história da habitação em Mato Grosso do Sul. Os movimentos que lutam pela moradia também estão de parabéns. Muitas das políticas públicas realizadas atualmente tiveram a participação desses movimentos", finalizou.

Participaram do evento também os deputados Felipe Orro (PSDB), Ovenan de Matos (PSDB), João Grandão (PT), Professor Rinaldo Modesto (PSDB), Paulo Corrêa (PR), Eduardo Rocha (PMDB), Renato Câmara (PMDB) e Junior Mochi (PMDB), presidente da Assembleia Legislativa.

Programação - Nesta terça-feira (03), foram realizadas duas palestras, além de debates, painéis temáticos e aconteceu a apresentação cultural. A primeira apresentação foi feita pelo diretor-presidente da Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal, Gilson Paranhos. Também aconteceu a palestra do diretor de Desenvolvimento Institucional da Agehab de Goiás, Murilo Barra.

Nesta quarta-feira (04), o projeto Florestinha apresentará um vídeo motivacional, em seguida os grupos temáticos se apresentam, acontecerão as reuniões de segmentos para definir entidades que irão compor o Conselho Estadual das Cidades e, por fim, a apresentação das entidades e órgãos eleitos para compor o Conselho de Mato Grosso do Sul de 2018 a 2021.

Envie seu Comentário