Ponta Porã, Terça-feira, 16 de janeiro de 2018
03/07/2017 18h

Entrevista da Semana: Dr Bandeira, prefeito de Amambai, fala do 1º semestre da administração

De acordo com o prefeito, o objetivo é diversificar a economia da cidade

Por: Dora Nunes
 
 
Foto: Dora Nunes Foto: Dora Nunes

O médico ortopedista Edinaldo Luiz de Melo Bandeira, mais conhecido como Dr Bandeira, prefeito da cidade de Amambai, concedeu entrevista ao jornalista Tião Prado onde falou sobre os seis primeiros meses de sua administração.

O prefeito disse que administrar a cidade de Amambai vem sendo um desafio até mesmo por ser gestor pela primeira vez, mas que vem observando um cenário bastante preocupante devido a grave crise que o País vem atravessando, porem vem conseguindo, juntamente com sua equipe, manter as finanças do município em dia, efetuando o pagamento dos servidores em dia e já se programando para o pagamento do 13º.

"Faço um agradecimento ao governo do Estado pela parceria, pois os maiores investimentos hoje em infra estrutura em nossa cidade são possíveis graças a ação direto do Reinaldo Azambuja e infelizmente não contamos com essa parceria por parte do governo federal, sendo os municípios do interior do País cada vez mais esquecidos pela União", afirmou o prefeito de Amambai.

Dr Bandeira disse que nesses primeiros seis meses tomou "pé da situação" e vem apresentando algumas ações como na área da saúde onde atende cerca de 9 municípios. Existe uma reforma do Hospital Regional em fase de projeto executivo, emenda do deputado Geraldo Resende no valor de um milhão com contrapartida de mais um milhão pelo governo do estado. Outro ponto destacado pelo prefeito foi em relação a limpeza urbana, lembrando que alguns bairros da cidade ainda necessitam de reparos nas vias e em parceria com o governo estadual, este já deu ordem de licitação para uma emenda no valor de cerca de 4 milhões para asfalto e recuperação de várias quadras em Amambai. Foi liberada uma emenda da Sudeco no valor de um milhão e oitocentos mil reais, também do deputado Geraldo Resende, mais contrapartida de 316 mil dos cofres municipais para asfalto e drenagem.

 
Foto: Dora Nunes Foto: Dora Nunes

"No setor de desenvolvimento econômico tivemos algumas conquistas importantes como a instalação da HR Distribuidora de Coca – Cola com incentivos fiscais que gerou 35 empregos diretos", falou Dr Bandeira.

Lembrou ainda que está em conversação com uma empresa que fabrica ração e uma fábrica de embalagem com sede em Brusque-SC, além de valorização do micro empreendedor, buscando geração de emprego e renda, ressaltando ainda que o agronegócio é a principal economia da cidade, mas é importante que esta não seja baseada em um só pilar, por isso busca-se a diversificação da atividade econômica.

Falando sobre a LDO (Lei Diretrizes Orçamentárias) para o ano de 2018, Dr Bandeira afirmou ter feito um pacote de ajuste fiscal, revendo o valor venal de terrenos e imóveis do município, está pleiteando uma taxa de coleta de lixo para que o orçamento seja um pouco maior devido a diminuição do repasse por parte do governo federal. "O fato é que nas áreas de saúde e educação, estamos fazendo um investimento maciço e a expectativa é de um orçamento melhor para 2018", lembrou o prefeito.

Acerca da educação no município, Dr Bandeira disse que na educação infantil existe um déficit de vagas. Lembrou que duas creches estão sendo construídas, mas as obras estão paradas a cerca de 04 anos, tendo mais um ano de prazo para conclusão da obra. "Desde que assumi o mandato determinei uma auditoria junto a essas obras, sendo que em uma obra já foi rescindido o contrato de forma unilateral e breve o outro contrato também será rescindido e com isso, nos meados de 2018, estarão prontas ofertando essas vagas", afirmou Dr. Bandeira. Outro investimento é na educação continuada dos professores. Vem buscando juntamente com o Sinted economizar recurso do Fundeb com o intuito de melhorar a remuneração dos professores.

O prefeito destacou que a educação municipal vem perdendo alunos devido ao kit ofertado pela rede estadual o que diminui os recursos do Fundeb, lembrando que 100% do Fundeb é usado para o pagamento dos professores com mais 7% dos recursos do município para o pagamento dos profissionais, dessa feita, a ideia é oferecer um kit igual ou melhor que o ofertado pelo Estado.

Amambai investe bastante no esporte. " A secretaria que tem maior número de eventos é nossa secretaria de esporte e cultura, temos uma técnica que vem se mostrando bastante competente na realização de várias modalidades", afirmou Dr Bandeira, prefeito de Amambai.

Finalizando, Bandeira agradeceu aos amambaienses pelo voto de confiança e convidou os empresários da região para que vá conhecer a cidade de Amambai.

Envie seu Comentário