Ponta Porã, Domingo, 18 de fevereiro de 2018
22/09/2017 16h

Farid Afif apoia Thiago Ogeda na luta das pessoas com deficiência

O vereador Farid Afif ressalta a importância de lembrar a respeito da data.

Divulgação
 
 
Vereador Farid Afif recebeu em seu gabinete o ativista, Thiago Ogeda e Sandra Ogeda. Vereador Farid Afif recebeu em seu gabinete o ativista, Thiago Ogeda e Sandra Ogeda.

Na data em que se comemorou o Dia Nacional da Luta da Pessoa com Deficiência, 21 de setembro, o vereador Farid Afif recebeu em seu gabinete Thiago Ogeda, acompanhado de sua mãe, Sandra Ogeda.

O jovem Thiago Ogeda é ativista dos direitos das pessoas com deficiência em Ponta Porã. Durante a conversa, Ogeda apresentou dados segundo o IBGE de 2010, que apontam mais de 22 mil pessoas com deficiência em nosso município. "Sem dúvidas a quantidade de pessoas com deficiência aumentou nos últimos anos e estamos em busca de mais acessibilidade para todos na fronteira. Dessa forma, peço espaço na tribuna livre da próxima sessão ordinária para expor pontos importantes que podem contribuir para a população, que assim como eu, se locomove em cadeiras de rodas, ou possui outra deficiência".

O vereador Farid Afif ressalta a importância de lembrar a respeito da data. "Dia 21 de setembro representa o surgimento das reivindicações de cidadania e busca pela igualdade de condições. Essa luta foi oficializada pela Lei Federal nº 11.133, de 14 de julho de 2005, a qual, nós vereadores devemos nos basear para elaborarmos projetos de lei, assim como pela Lei Brasileira de Inclusão (LBI), de 2015, para aumentar a acessibilidade, melhorar os meios de comunicação e garantir mais qualidade de vida para todos em Ponta Porã".

Farid Afif e Thiago Ogeda também falaram sobre outros fatores. "Sabemos que o preconceito e a falta de acessibilidade pública são grandes problemas enfrentados pelas pessoas com algum tipo de deficiência. Portanto, temos que conscientizar sobre a importância da inclusão das pessoas com deficiência na sociedade e ressaltamos, que é preciso reivindicar por igualdade de direitos".

Envie seu Comentário