Ponta Porã, Quarta-feira, 22 de novembro de 2017
14/11/2017 12h30

Reinaldo diz que é preciso comprovação de denúncias contra Puccinelli

Auditorias foram encaminhas ao MP

Midiamax
 
 

Durante agenda pública na manhã desta terça-feira (14), o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), comentou sobre a prisão de seu antecessor, André Puccinelli (PMDB), no âmbito da Operação Lama Asfáltica.

"A gente nunca deve condenar ninguém antes do trânsito em julgado de qualquer ação, o grande problema é que a gente tem visto hoje é que quando se tem uma operação, ou uma delação, ou denúncia, já se condena as pessoas. Isso é muito ruim. Tem que dar tempo e buscar a apuração de todas as investigações", disse o tucano.

Azambuja revelou que várias auditorias feitas na Agesul (Agência Estadual de Empreendimentos), órgão do governo que gerencia as obras públicas, já foram encaminhadas ao Ministério Público.

"Quando identificado valor que possa ter sido fruto de algum desvio, tem que voltar ao erário público para que seja investido em outras obras que são prioritárias da população", destacou.

O governador ainda afirmou que homens públicos, como ele e André, estão ‘abertos’ a qualquer tipo de investigação. O tucano afirmou que é preciso comprovar, com material comprobatório, a delação dos colaboradores.

"A gente espera que se apure, que se identifique que houve algum desvio de recursos e que possa voltar a ser aplicado em benefício da sociedade", finalizou.

Envie seu Comentário