Ponta Porã, Quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018
02/02/2018 07h

Sem a presença de Lula, Bolsonaro lidera pesquisa com 18% das intenções de voto

Condenado, ex-presidente ainda está na dianteira com 37% das intenções de voto.

Folha
 
 
O deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) (Foto: Divulgação ) O deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) (Foto: Divulgação )

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) manteve a liderança nas intenções de voto para a eleição presidencial de outubro apesar da condenação em segunda instância, enquanto em cenário sem o petista o deputado Jair Bolsonaro (PSC) lidera e até quatro concorrentes disputam o segundo lugar, apontou pesquisa Datafolha nesta quarta-feira.

De acordo com o levantamento, publicado pelo jornal Folha de S.Paulo , Lula tem 37% das intenções de voto, contra 16% de Bolsonaro e 7% tanto para o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), como para o ex-ministro Ciro Gomes (PDT), em um cenário sem a participação de Marina Silva (Rede). Nos demais cenários, a participação de Lula varia entre 34% e 36%, enquanto Bolsonaro aparece com 16% a 18% das intenções de voto.

No entanto, sem a presença de Lula os votos do petista são pulverizados. Nesse caso, Bolsonaro lidera com 18% das intenções de voto, contra 13% da ex-ministra Marina Silva (Rede), 10% de Ciro e 8% tanto para o apresentador de TV Luciano Huck (sem partido) com para Alckmin, em um dos cenários. Nos demais cenários sem Lula, Bolsonaro aparece com 19% e 20% das intenções de voto.

Lula foi condenado na semana passada pelo Tribunal Regional da 4ª Região a 12 anos e 1 mês de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do tríplex no Guarujá (SP). A condenação pode deixar o petista fora da disputa com base na Lei da Ficha Limpa.

Incluído em alguns cenários pelo Datafolha, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles (PSD), somou apenas 1% das intenções de voto nas situações com Lula como candidato, e vai no máximo a 2% sem o petista.

Outro nome visto como possível candidato do governo, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), também aparece com apenas 1% das intenções de voto no cenário em que seu nome foi incluído pelo Datafolha, assim como o presidente Michel Temer (MDB).

Nas simulações para o segundo turno, Lula venceria todos os concorrentes, segundo o Datafolha: 49% a 30% contra Alckmin; 47% a 32% contra Marina; e 49% a 32% contra Bolsonaro.

Sem o ex-presidente, Marina venceria Bolsonaro por 42% a 32%, enquanto haveria empate dentro da margem de erro nas disputas Alckmin (35%) x Bolsonaro (33%) e Alckmin (34%) x Ciro (32%).

O levantamento apontou, ainda, que o presidente Temer tem o maior índice de rejeição dos eleitores, com 60%, seguido pelo ex-presidente Fernando Collor (PTC), com 44%, por Lula, com 40%, e por Bolsonaro, com rejeição de 29%. As informações são do portal Terra.

Envie seu Comentário