Ponta Porã, Segunda-feira, 23 de abril de 2018
16/10/2017 09h20

Ponta Porã: Hospital Regional está funcionando normalmente

A UTI do hospital está com 9 dos 10 leitos ocupados até o momento.

Por: Tião Prado
 
 
Foto: Divulgação Foto: Divulgação

O Hospital Regional Dr. José de Simone Neto, de Ponta Porã, está funcionando normalmente desde as 11 horas deste domingo (15), sendo que todos os atendimentos foram normalizados no pronto socorro e a população pode ficar tranquila porque, se precisar, é só procurar a unidade de saúde, informou a Dr.ª Patrícia Caetano, diretora técnica do Hospital.

A reportagem do site Pontaporainforma esteve na manhã desta segunda-feira (16) no Hospital Regional de Ponta Porã, que hoje é administrado pela empresa GERIR, para saber mais informações a respeito da paralisação que aconteceu na sexta-feira (13) e sábado (14), naquela unidade hospitalar. Recebidos pela Dr.ª Patrícia Caetano, ela falou a respeito do assunto.

"Na sexta-feira o Hospital foi paralisado aos atendimentos de ficha verde e azul, sendo que os atendimentos de urgência e emergência continuaram funcionando normalmente no pronto socorro e todos os pacientes que estavam dentro do hospital, assim como todos os médicos plantonistas, continuaram com a conduta normal, o hospital funcionou normalmente", informou a Dr.ª Patrícia.

Segundo a diretora da unidade hospitalar, desde as 11 horas de domingo (15), todos os atendimentos foram normalizados no pronto socorro. Segundo ela, ainda está faltando alguns reagentes químicos que são usados no ambulatório e que vem de Campo Grande e até o meio dia já estará no hospital para serem usados , mas o prefeito Hélio Peluffo Filho liberou o Laboratório de Fronteira para fazer os exames que estavam faltando e com isso a situação deste setor também está funcionando normalmente.

A UTI do Hospital Regional hoje é referência no atendimento aos pacientes da região. Dr.ª Patrícia Caetano disse que a UTI está com atendimento normal e no final de semana teve o atendimento a 10 pacientes, mas na manhã desta segunda-feira (16), um paciente já foi liberado ficando 9 pessoas internadas no local, sendo que um leito fica sempre vago para as emergências do pronto socorro.

Patrícia Caetano fez um pedido especial aos pacientes que tem cirurgias agendas na unidade hospitalar, que no momento da internação para o procedimento procure levar 2 créditos de sangue para repor o estoque para o próprio paciente que vai fazer a cirurgia, pois caso necessite de sangue, vai estar usando o próprio sangue que foi coletado.

Envie seu Comentário