Ponta Porã, Domingo, 21 de janeiro de 2018
27/12/2017 06h50

Ponta Porã: Hospital Regional serve refeição especial de Natal a pacientes e colaboradores

A ceia, servida no domingo, dia 24 de dezembro, véspera do Natal.

Divulgação (TP)
 
 

A equipe da cozinha do Hospital Dr. José de Simone Netto (Hospital Regional de Ponta Porã) caprichou no cardápio da ceia de Natal para servir aos pacientes e colaboradores. O objetivo é poder oferecer através dos alimentos, sentimentos que também nutrem como perdão, amor, fé, gratidão e paz em uma data festiva na qual a maioria das pessoas celebra em casa junto com a família. A entrega das refeições nos leitos foi acompanhada de um mini panetone, alimento que simboliza o Natal.

Rodrigo Echeverria da Costa e Raquel Moreira de Morais são os nutricionistas responsáveis pela cozinha do Hospital e foram eles quem elaboraram o cardápio juntamente com vinte e dois funcionários, que colaboram diariamente para que as refeições, essenciais no dia a dia do Hospital, sejam ofertadas na hora exata para pacientes, acompanhantes e colaboradores.

A ceia, servida no domingo, dia 24 de dezembro, véspera do Natal, teve como pratos principais para o almoço a carne assada ao molho escuro e como opção, o frango assado ao molho de laranja acompanhados de farofa doce, arroz a grega e feijão com bacon. No jantar, o prato principal foi lagarto recheado e frango assado acompanhados de macarrão à carbonara e arroz com uvas passas, e a sobremesa foi o clássico mousse de maracujá.

A cozinheira Otilha Peralta, responsável pelo preparo da ceia de Natal, disse que para ela foi um grande desafio, porque é a primeira vez que ficou encarregada pelo preparo de todos os alimentos, de acordo com o cardápio estabelecido pelo regulamento de nutrição Hospitalar. "Trabalho na cozinha do Hospital há dezesseis anos e nesse tempo todo, antes da nova administração, eu fui auxiliar e nunca cheguei nem perto do fogão, porque sempre tive em mente que, cozinhar em um Hospital para centenas de pessoas era uma tarefa complexa", diz a colaboradora.

"Toda equipe da cozinha se dispôs e se doou para que tudo saísse perfeito. Somos muito companheiros aqui e todas as mãos ajudaram para que o sabor transmitisse tudo que queremos para os pacientes nesse Natal, que é muita paz e principalmente muita saúde".

 

Alimentação de qualidade, pacientes saudáveis

"Este ano adotamos o slogan perdão, amor, fé, gratidão e paz, justamente para refletir e agradecer pelos momentos bons que vivemos juntos aqui no Hospital, e poder servir um alimento mais saboroso no Natal para as pessoas que vão passar a data conosco é muito gratificante porque é mais uma oportunidade de tratar sempre bem os pacientes, dar mais dignidade através de uma boa alimentação que é sempre preparada com muito carinho", afirma o nutricionista Rodrigo.

A paciente da ortopedia Mirian Estar Calacho, de 30 anos, moradora em Coronel Sapucaia, se acidentou no trânsito e foi internada no Hospital devido a uma fratura na perna esquerda. Ela contou emocionada que neste Natal queria mesmo era estar junto da família, mas que o que a confortou foi a forma com que foi recebida. "Desde a saída da ambulância da minha cidade, eu fui bem atendida, mas logo que cheguei aqui notei que há um jeito especial dos enfermeiros tratarem a gente e foi isso que me deixou em paz. Fiquei sabendo que os pacientes também teriam um cardápio especial no Natal eu fiquei mais surpresa ainda, só agradeço e parabenizo a todos por tanto carinho".

Perla Montanea, de 28 anos, está com a pequena Laís Raiane, que completou 5 anos neste dia 25 de dezembro. "Estou super nervosa porque também queria estar em casa, mas fico feliz porque estamos sendo atendidas com muito amor por todos e principalmente, quero destacar que as refeições são muito saborosas. Eu nunca imaginei passar o Natal em um hospital, mas quero agradecer em nome de todos pacientes pela dedicação do pessoal da cozinha que preparou uma comidinha mais gostosa que com certeza deixou a gente mais animado e amenizou aquela saudade de estar junto com toda família".

A cozinha do Hospital Regional de Ponta Porã serve em média de 110 almoços por dia e é um dos setores do Hospital que mais teve transformações a partir da nova gestão Governo do Estado e administração do Instituto Gerir. Um refeitório amplo e climatizado acolhe colaboradores de todos os plantões, servindo café da manhã, almoço, lanches e jantar todos os dias, e há um controle de pesagem de alimentos, ou seja, tudo que sai da cozinha para ser consumido é pesado e as sobras também, para que a equipe saiba como anda a aceitação das refeições e possa melhorar o cardápio cada vez mais.

Envie seu Comentário