Ponta Porã, Quarta-feira, 17 de janeiro de 2018
22/07/2017 09h40

ACCGD confirma costelão beneficente em setembro

Como atração musical estará as duplas Paulo César & Santiago e Marcos César & Juliano.

Divulgação: Dora Nunes
 
 
Hédio Fazan conta que os convites para a promoção já estão a vendas ao preço de 30 reais a unidade Hédio Fazan conta que os convites para a promoção já estão a vendas ao preço de 30 reais a unidade

A diretoria da ACCGD (Associação de Combate ao Câncer da Grande Dourados) que atualmente é presidida pelo repórter fotográfico Hédio Fazan confirmou o costelão beneficente para o dia 17 de setembro nas dependências da Cantina Mato Grosso, que fica situada a rua Coronel Ponciano, n.º 2085 e como atração musical estará as duplas Paulo César & Santiago e Marcos César & Juliano.

Em contato com a reportagem Hédio Fazan conta que os convites ao preço de 30 reais a unidade já estão a vendas e que a renda liquida será destinada para ajudar os pacientes de câncer da Grande Dourados com a aquisição de fraudas geriátrica, cestas básicas, grampeador cirúrgico, alimento interal e também para a manutenção da ambulância da entidade. "Decidimos fazer este evento para fortalecer o caixa da ACCGD e através dessa parceria com a Cantina Mato Grosso marcamos para o dia 17 de setembro a partir das 11h30 e com encerramento previsto para as 14 horas" disse o presidente da entidade lembrando que criança até 12 anos não pagará ingressos.

DOAÇÕES

Hédio Fazan lembra que quem quiser fazer doações para a ACCGD ou adquirir os convites poderão manter contatos através dos telefones (67) 3427-4124 (Associação) ou com ele no 9-9852-3359. "Estamos à disposição de todos de Dourados e da região. Quem quiser conhecer o trabalho desenvolvido pela entidade pode comparecer na sede dela que fica localizada em Dourados à rua Ediberto Celestino de Oliveira, n. 1468, das 8 às 11h30 e das 13 às 17 horas" disse ele acrescentando que a ACCGD mantém hoje 150 pacientes sob sua responsabilidade e a entidade se faz presente com suas ações em 33 municípios.

CUSTOS

Ainda em contato com a reportagem, Hédio Fazan que cada paciente em sua maioria de baixa renda consome mensalmente 45 litros em média de alimento interal ao preço de 38 reais o litro e que cada grampeador cirúrgico custa em média mil reais bem como a associação faz doações de próteses mamarias cujo o par sai em média quatro mil e oitocentos reais. "A pessoa que quiser adquirir um ou mais convite para o costelão da associação pode manter conosco o contato que iremos até a ela" disse o presidente que além da costela assada será servido no dia arroz, salada e mandioca e acrescenta que as pessoas terão de levar talheres e pratos.

Fotos/ Texto: Waldemar Gonçalves - Russo

Envie seu Comentário