Ponta Porã, Quarta-feira, 17 de janeiro de 2018
02/01/2018 17h10

Chuva põe 12 cidades de MS em emergência e 11,3 mil são afetados.

Relatório da Defesa Civil estadual levantou dados sobre estragos e inundações; cidades do sul do Estado são mais afetadas.

Campograndenews
 
 
Moradores caminham por rua do bairro Cohab, em Porto Murtinho, no dia 26 de dezembro (Foto: Toninho Ruiz). Moradores caminham por rua do bairro Cohab, em Porto Murtinho, no dia 26 de dezembro (Foto: Toninho Ruiz).

Por causa das fortes chuvas das últimas semanas, 12 municípios de Mato Grosso do Sul estão em situação de emergência. Conforme a Cedec (Coordenação Estadual da Defesa Civil), a maior parte das cidades que enfrentam problemas está na região sul.

Em Porto Murtinho, por exemplo, um bairro inteiro – Cohab – foi inundado e a estimativa mais atual é que ao menos 600 pessoas estejam desabrigadas ou desalojadas, embora a situação já esteja sob controle.

A Defesa Civil informou ainda que está em alerta com os municípios de Tacuru e Sete Quedas, onde nestes últimos dias chove com maior intensidade. "As prefeituras locais estão concluindo os levantamentos dos estragos, sendo aguardada a decretação oficial de emergência em Tacuru, já anunciada pelo prefeito Carlinhos Pelegrini", também informou o órgão por meio da assessoria de imprensa do Governo de Mato Grosso do Sul.

No relatório da Cedec desta terça-feira (2), consta que 11.326 pessoas foram afetadas pelas chuvas em Coronel Sapucaia, Deodápolis, Batayporã, Novo Horizonte do Sul, Itaquiraí, Japorã, Eldorado, Rio Verde, Miranda, Bataguassu, além de Porto Murtinho e Sete Quedas.

Envie seu Comentário