Ponta Porã, Domingo, 22 de abril de 2018
23/12/2017 20h30

Corpos de vítimas do acidente na MS-080 chegam ao IMOL na Capital

A violência da colisão deixou mais seis pessoas feridas e os dois veículos completamente destruídos

Campograndenews
 
 
Violência da batida deixou os dois veículos completamente destruídos (Foto: André Bittar) Violência da batida deixou os dois veículos completamente destruídos (Foto: André Bittar)

Os corpos das três vítimas que morreram grave acidente entre um Fiat Strada e um Palio, nesta manhã, na MS-080, entre Campo Grande e Rochedo, chegaram no IMOL (Instituto de Medicina e Odontologia Legal) da Capital nesta tarde.

Conforme apurou o Campo Grande News, os corpos das vítimas chegaram às 17h15 e agora passarão pelos exames de praxe para que depois sejam liberados as famílias para serem velados.

A violência da colisão deixou mais seis pessoas feridas e os dois veículos completamente destruídos. No momento do acidente a rodovia precisou ser interditada.

As vítima que chegaram no começo tarde na unidade de saúde estão sob avaliação e depois disso serão atendidas pelos especialistas necessários, como por exemplo neurologista, conforme o estado clínico de cada.

Além do motorista da picape, que já tinha vindo para o hospital após ser retirado das ferragens pelo Corpo de Bombeiros, o quadro mais grave até agora é de uma mulher que tem em torno de 45 anos e está respirando por ventilação mecânica, entubada.

As outras quatro pessoas foram identificadas. Uma delas é Ana Pereira, 37 anos, que segundo as informações no local estava no Palio, junto com Jonas Pereira Bernuncio e Anísio Ananias, motorista do veículo. Os dois morreram no local do acidente.

Também vieram para a Santa Casa Gabriel de Souza, de 15 anos, o irmão Bruno Henrique de Souza, de 17 anos, e o avô Wanildo de Souza, de 61 anos. Eles estavam num veículo Fiat Strada, que tinha ainda como ocupante uma idosa não identificada, que morreu em uma unidade de saúde de Rochedo, depois de sofrer uma parada cardiorrespiratória.

O acidente - Segundo o delegado Paulo Roberto Diniz, da Delegacia de Polícia Civil de Rochedo, a picape seguia em direção a Campo Grande e o veículo de passeio em sentido a Rochedo. Pelas marcas de frenagem, o condutor do Palio teria saído da pista e ao retornar causado o acidente. As causas no entanto, ainda são desconhecidas.

Envie seu Comentário