Ponta Porã, Sábado, 21 de abril de 2018
15/12/2017 13h10

CREA-MS escolhe hoje novo presidente, e engenheiro ambiental já registrou seu voto

A eleição teve início às 9h desta sexta-feira (15) e segue até às 19h

Divulgação: Dora Nunes
 
 

O candidato a presidente do CREA-MS, Rodrigo Costa acabou de votar no processo eleitoral para escolha do novo presidente do conselho.

Rodrigo é engenheiro ambiental formado pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). Logo após de formado foi aprovado em concurso público do Imasul, órgão no qual trabalhou durante cinco anos.

Nesse período, o engenheiro ambiental atuou no setor de fiscalização e adquiriu experiência como líder de sua equipe assim como em atuar frente a processos de fiscalização no setor público.

Após sair do Imasul, Rodrigo fundou a Exata Ambiental, juntamente com dois sócios, alguns anos depois, o profissional se desvinculou da sociedade e fundou a Costa Engenharia, empresa da qual é proprietário atualmente que desenvolve projetos na área de engenharia ambiental.

A ideia de registrar uma candidatura para disputar a presidência do CREA MS partiu de um grupo de profissionais que se consideram insatisfeitos com a forma como a atual diretoria administra o conselho.

Entre as prioridades do programa de trabalho de Rodrigo Costa está a valorização dos profissionais do CREA-MS, assunto pouco abordado nos últimos anos. Outro objetivo considerado prioritário para o engenheiro ambiental é a transparência. Conforme explica o candidato, hoje, o portal da transparência do CREA-MS não funciona de forma correta.

A preocupação não só de Rodrigo, mas de todos os integrantes do Movimento Inovar CREA-MS é resgatar a credibilidade do conselho e torná-lo, de fato, atuante em defesa da sociedade e da valorização do profissional. Para Rodrigo, o conselho precisa se posicionar, defender os direitos do profissional e dar transparência a suas ações. "Lutamos por conselho presente, que saiba ouvir os profissionais e trabalhar para melhorar as condições de trabalho e que também defenda e proteja a sociedade".

Por fim, um dos pilares da candidatura de Rodrigo Costa, é a proteção da sociedade. "O CREA-MS tem por função a fiscalização do profissional, mas não pode se prender a isso, o conselho tem sido omisso em questões importantes para sociedade como as obras faraônicas que vemos por aí. Essas são questões diretamente ligadas ao exercício da profissão, por isso o CREA MS não pode mais se omitir".

Em todo Estado 17 cidades contarão com urnas para votação, são elas: Aquidauana, Campo Grande, Chapadão do Sul, Corumbá, Coxim, Dourados, Maracaju, Naviraí, Nova Andradina, Paranaíba, Ponta Porã, Três Lagoas, Rio Brilhante, São Gabriel do Oeste, Amambai, Jardim e Sidrolândia.

A eleição teve início às 9h desta sexta-feira (15) e segue até às 19h.

Heloísa Lazarini

Assessoria de Imprensa Inovar CREA-MS

Envie seu Comentário