Ponta Porã, Terça-feira, 24 de abril de 2018
31/10/2017 08h20

Falta de energia causa prejuízos na zona rural em Amambai

Produtores reclamam de morosidade da Energisa na realização dos reparos de redes e falta e de ineficiência no atendimento.

Agazetanews
 
 
Redes de energia rural, morosidade da Energisa em realizar reparos tem causado grades prejuízos à classe produtora em Amambai. (Fotos: Vilson Nascimento) Redes de energia rural, morosidade da Energisa em realizar reparos tem causado grades prejuízos à classe produtora em Amambai. (Fotos: Vilson Nascimento)

A constante falta de energia provocada, na maioria das vezes por fatores climáticos, tem causado prejuízo á produtores e moradores na zona rural do município, em Amambai.

Sem energia alimentos e vacinas que precisam ser mantidas em temperatura regular estragam nas geladeiras e freezer e em muitas propriedades rurais os moradores chegam a ficar até sem água para consumo, tendo em vista que as bombas utilizadas nos poços de coleta são elétricas.

A região mais impactada com as frequentes falta de energia está ao leste da cidade, que margeia a MS-289, trecho que liga Amambai ao município de Jutí, onde além de estar alocada grande parte da pecuária, também tem aumentado circunstancialmente a área plantada com grãos.

Nessa região do município, propriedades rurais têm chegam a ficar até cinco dias sem energia, segundo produtores rurais que procuraram nossa reportagem para denunciar a situação.

Os produtores reclamam da demora no tempo resposta para reparos por parte da Energisa, a empresa concessionária que tem o monopólio para o fornecimento de energia para a região sul de Mato Grosso do Sul.

Segundo os produtores a empresa não tem representação competente para tomar decisões em Amambai. Ao procurar o escritório local o consumidor lesado é orientado a contatar uma central por meio de um número 0800.

Acontece, segundo os produtores, que uma vez informado o problema via o 0800, os reparos não estão sendo feitos e o produtor não tem outro canal para recorrer, tendo que se submeter a morosidade da concessionária de energia.

Segundo os produtores rurais a situação se agravou com a substituição, por parte da Energisa, de funcionários antigos, que conheciam bem as redes da região.

Os produtores também reclamam das constantes oscilações de energia na área rural.

Procurado pela reportagem do grupo A Gazeta, o Sindicato Rural de Amambai informou que vai enviar oficio à direção da Energisa pedindo solução urgente para os dois problemas que tem afetado produtores e centenas de trabalhadores rurais em Amambai.

Envie seu Comentário