Ponta Porã, Domingo, 22 de outubro de 2017
23/09/2017 08h30

Pela primeira vez, seminário vai discutir patrimônio ferroviário de MS

Atividade é movida pela superintendência do Iphan

Campograndenews
 
 
Antiga rotunda ferroviária, um dos locais mais importantes da história da ferrovia em Mato Grosso do Sul (Alcides Neto) Antiga rotunda ferroviária, um dos locais mais importantes da história da ferrovia em Mato Grosso do Sul (Alcides Neto)

Promovido pela Superintendência do Iphan (Instituto do patrimônio histórico e artístico nacional), Campo Grande terá, pela primeira vez, uma Seminário que irá discutir o patrimônio ferroviário do Estado. O '1º Seminário Nacional de Memória e Preservação do Patrimônio Ferroviário em Mato Grosso do Sul' acontece entre os dias 28 e 29, na esplanada ferroviária.

A preservação do patrimônio ferroviário é um dos assuntos que ganham corpo junto à administração de Campo Grande, que conduz o processo de revisão do Plano Diretor da cidade, já na reta final. Este ano, a novidade deve vir por meio da inclusão da lei municipal 161, que instituiu o projeto de revitalização da região central de Campo Grande.

O 'reviva centro', como é conhecido, é financiado pelo BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) e deve contemplar, entre outros locais caros à ferrovia, a área da antiga rontunda.

O Seminário traz especialistas para discutir o assunto, entre eles pesquisadores que utilizaram a história do patrimônio ferroviário como objeto de estudo em programas de pós-graduação. É o caso do arquiteto João Henrique dos Santos, que estuda o assunto no mestrado da UFBA (Universidade Federal da Bahia).

O arquiteto conduz a palestra 'De cicatriz histórica à referência cultural: o reuso do patrimônio ferroviário'. As palestras e atividades ocorrem durante o dia todo na quinta (28) e sexta-feira (29), e devem abranger, também, aspectos técnicos de projetos sobre a preservação do patrimônio da antiga NOB (Noroeste do Brasil).

A esplanada ferroviária fica na Avenida Calógeras, 5045. As atividades começam às 8h, com apresentação da Orquestra Sinfônica Municipal.

Envie seu Comentário