Ponta Porã, Quinta-feira, 20 de julho de 2017
19/05/2017 06h

A 8 dias do fim da campanha de vacinação contra gripe, 49,65% do público-alvo se vacinou em MS

Segundo o Ministério da Saúde, foram aplicadas 295.683 doses no estado desde o dia 17 de abril.

G1
 
 
Uma das formas mais eficazes para a prevenção da gripe é a vacinação. (Foto: Divulgação Unimed SJC) Uma das formas mais eficazes para a prevenção da gripe é a vacinação. (Foto: Divulgação Unimed SJC)

ampanha de vacinação contra gripe termina no próximo dia 26 de maio, mas em Mato Grosso do Sul apenas 49,65% do público-alvo se vacinou desde o dia 17 de abril. O dia da mobilização nacional aconteceu no último sábado (13).

Segundo o balanço do Ministério da Saúde, até esta quinta-feira (18) 295.683 doses foram aplicadas no estado. Embora o sistema calcule 595.526 pessoas, a expectativa a Secretaria do Estado de Saúde é de imunizar 750 mil.

No estado, o grupo que mais aderiu à vacinação foi das mulheres que deu à luz recentemente com 55,82%, ou seja, 5.432 novas mães. Em seguida, aparecem os idosos com 55,56% de participação. O percentual representa 244.384 pessoas com 60 anos ou mais.

Entre os trabalhadores na área da saúde, foram imunizados 53,46% que significa 57.698 pessoas. Do total de crianças com menos de 5 anos, foram vacinadas 46,95% que totaliza 181.771. Apenas 42,71% das gestantes se protegeram, ou seja, 33.050 mulheres.

Os indígenas foram os que menos se imunizaram. Do esperado, 28,24% tomaram a vacina, isso representa 73.191 desse grupo.

A coordenadora do Programa Nacional de Imunizações, Carla Domingues, considera de fundamental importância que as pessoas se vacinem neste momento para estarem protegidas no inverno, quando os vírus da Influenza começam a circular com maior intensidade. Segundo a coordenadora, a vacina demora cerca de 15 dias para fazer efeito após aplicada.

A novidade esse ano foi a inclusão dos professores no público-alvo. Os portadores de doenças crônicas não transmissíveis, que inclui pessoas com deficiências específicas, devem apresentar prescrição médica no ato da vacinação. .

Envie seu Comentário