Ponta Porã, Segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018
23/01/2018 15h20

Porque é importante consumir produtos naturais?

A adoção de um estilo de vida saudável está em alta nos últimos tempos

 

A correria do dia-dia nos faz ter hábitos alimentares pouco saudáveis, os fast-foods e outros produtos processados estão por todos os cantos facilitando a alimentação. Porém, os riscos de se consumir estes tipos de comida são enormes.

Distúrbios alimentares, obesidade, diabetes, câncer e outras doenças acometem grande parte da população mundial e o vilão na maioria das vezes é a má alimentação.

Por isso a adoção de um estilo de vida saudável está tão em alta nos últimos tempos. Começamos a perceber os malefícios que aditivos químicos e os alimentos processados trazem a nossa saúde e então, os produtos naturais passaram a ter uma maior procura.

Mas aí você me pergunta, o que é um aditivo químico? Bom, é todo ingrediente adicionado à um alimento sem o propósito de nutrir. Ele modifica as características físicas, químicas e biológicas do produto durante o processo de fabricação, processamento e embalagem.

Os aditivos alimentares são os responsáveis por intensificar o paladar, aroma ou dar sabor a algum produto artificialmente. Os principais são:

Corantes: são aditivos comuns para dar cor ou realçar o pigmento. Este aditivo cria uma cor-imitação e realça uma cor natural, sem que possuam qualquer princípio nutritivo.

Conservantes: São usados para conservar os alimentos, e manter o sabor e o aspecto.

Adoçantes: A este grupo pertencem as substâncias de sabor doce, sendo assim, não determinam modificações químicas e fermentações específicas produzidas pelos adoçantes açucarados ou que contenham glicose, frutose, dextrose, etc.

Substituir todos os alimentos que contém esse tipo de química é difícil, afinal eles estão em tudo que mais gostamos de comer. Só uma reeducação alimentar é capaz de ajudar nessa mudança, e você pode começar assim:

Investir em uma alimentação rica em produtos naturais e orgânicos;

Evitar o colesterol ruim, fugindo de frituras , gorduras trans e alimentos processados;

Compre alimentos ricos em cálcio, tais como: leite, alface, uva passa, cravo e canela;

Consuma alimentos ricos em ferro; como por exemplo: feijão, carnes vermelhas, peixes, ovos;

Aumente o consumo de fibras como cereais, frutas, trigo e derivados de origem vegetal. Experimente consumir as fibras diariamente para equilibrar o funcionamento do intestino e obter a sensação de saciedade plena após as refeições.

Invista em alimentos naturais

A Organização Mundial da Saúde no Brasil sugere uma nova política à população no que diz respeito a sua alimentação. A sugestão é o consumo de alimentos in natura ou minimamente processados sejam maioria em sua dieta.

O consumo de produtos com poucos nutrientes e muito açúcar, gordura e sal agregados ao sedentarismo, são os responsáveis do surgimento da obesidade infantil e adulta. Além do surgimento de doenças crônicas como a diabetes e a hipertensão por exemplo.

E na lista dos alimentos que provocam doenças estão refrigerantes, sucos industrializados, refrescos em pó e alimentos ultra processados. E o consumo diário e constante só aumenta as chances de se desenvolver algum problema de saúde.

E você o que acha de tentar aos poucos mudar a sua dieta? A longo prazo as mudanças são incríveis!

Envie seu Comentário