24/03/2014 16h20

Artigo: O vereador “animal” de Ponta Porã

Alguém que ama os animais

Por: Dora Nunes
 
 

A primeira impressão do título do artigo pode gerar uma certa confusão, mas não para quem ama os animais, cujo adjetivo tem a ver com beleza, força, amizade...enfim, discordo totalmente quando dizem “fulano agiu como um animal”, pois animais muitas vezes só agem com violência para se defender, bem ao contrário do ser humano.

Bom, mas deixando minha opinião de lado, dias atrás acompanhando algumas notícias pelo facebook me deparei com o vereador Marcelino Nunes (creio que a coincidência de nossos sobrenomes não são mera semelhança) socorrendo um animal que havia sido atropelado e abandonado nas redondezas do parque de Exposição. Pelo que fiquei sabendo, algumas pessoas (boas de coração) se sensibilizaram com a situação do animal e pediram socorro ao nobre edil, que imediatamente se dirigiu ao local e levou o cão ao veterinário Bismark que deu o atendimento necessário. Não fiquei sabendo o que aconteceu com o cachorro, espero que tenha sido adotado por uma pessoa responsável e que tenha a posse consciente.

O que me chamou a atenção é que cachorro não vota, mas mesmo assim, o vereador Marcelino se sensibilizou e disponibilizou seu tempo e sua preocupação com o animal e isso muito me comoveu, pois é de pessoas assim que precisamos no mundo, pessoas que sintam compaixão, que se doam, independente da espécie. Alguns podem se perguntar ou se questionar de que deveríamos nos preocupar com as crianças abandonadas ou com os velhinhos indefesos. É Verdade. Concordo...em partes. Concordo que deva existir uma preocupação com os mais fracos, com os necessitados, com os famintos, com os que precisam de ajuda, independentemente do especismo. Alias, o especismo é igual ao racismo porque, a partir do momento que você acha que só devamos nos preocupar com aqueles que são da nossa espécie, somos especistas e porque não, racistas. O racista é dono dessa mesma idéia, pois só tem direito aqueles da sua espécie, portanto, todo cuidado devemos ter ao querer lutar pelos direitos somente daqueles que são da nossa espécie.

Voltando ao vereador animal de Ponta Porã, parabenizo o senhor Marcelino Nunes pela iniciativa, pela bondade de seu coração, por fazer o bem sem olhar a quem e se cada um, na sociedade, fizer um pouquinho, com certeza, teremos um bairro melhor, uma cidade melhor, uma País melhor e quiçá...um mundo melhor.

Envie seu Comentário