Artigo: O melhor presente de Natal

Por: Eloir Vieira

30/12/2018 12h - DN

 

"Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; e o principado está sobre os seus ombros; e o seu nome será Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz" (Isaias 9.6).

O melhor presente de natal é o perdão e a salvação eterna que recebemos de Deus gratuitamente se cremos: "Sendo justificados gratuitamente pela sua graça, pela redenção que há em Cristo Jesus" (Rm 3.24). "Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna" (João 3.16). "Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isso não vem de vós; é dom de Deus. Não vem das obras, para que ninguém se glorie" (Ef 2.8,9); O batismo é um mandamento do Senhor aos que creem: "Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado" (Mc 16.16). Não obedecendo os mandamentos do Senhor, se batizando e praticando justiça, misericórdia, fé, paz com todos, significa que a pessoa não crê; e se não crê não recebe o presente de Deus!

A humanidade comemora o nascimento de Jesus, dia 25 de Dezembro. No entanto, não se tem registro da data correta; porém, isso não é relevante, visto que o que importa é que Jesus nasceu e se sacrificou a si mesmo para que todos possam ter a oportunidade de receber esse presente, o mais valioso de todos! Quanto a trocas de presentes nesse dia estabelecido pelos homens para comemorar o nascimento do Senhor, é interessante, visto que Jesus também recebeu presentes, pelo menos quando nasceu: "E, entrando na casa, acharam o menino com Maria, sua mãe, e, prostrando-se, o adoraram; e abrindo os seus tesouros, lhe ofertaram dádivas: ouro, incenso e mirra" (Mt 2.11).

O melhor presente que podemos e devemos dar à Jesus, é o nosso coração! Você está disposto a dar o seu? A condição que Deus nos pede para recebermos o presente (perdão e salvação) é crer e confessar Jesus Cristo como único e suficiente Salvador e Senhor: "A saber: Se, com a tua boca, confessares ao Senhor Jesus e, em teu coração, creres que Deus o ressuscitou dos mortos, será salvo. Visto que com o coração se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação" (Rm 10.9,10). Quando recebemos Jesus em nosso coração, a festa nunca termina, porque passamos a adorá-lo constantemente: "E tendo nascido Jesus em Belém da Judéia, no tempo do rei Herodes, eis que uns magos vieram do Oriente a Jerusalém, e perguntaram: Onde está aquele que é nascido rei dos judeus? Porque vimos a sua estrela no Oriente e viemos adorá-lo" (Mt 2.1,2).

Jesus quer nascer no seu coração. Tem lugar para Ele aí? Abra a porta do seu coração para Jesus: "E deu à luz o seu filho primogênito, e envolveu-o em panos, e deitou-o numa manjedoura, porque não havia lugar para eles na estalagem" (Lucas 2.7).

Envie seu Comentário