Artigo: Quando a igreja será arrebatada?

Por: Eloir Vieira

15/02/2019 16h - DN

 

"Depois, nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor" (1ªTs 4.17).

O dia do arrebatamento da igreja ninguém sabe; é perca de tempo e tolice tentar adivinhar ou fazer cálculos. O que se pode saber é como isso vai acontecer; não quando, pois, a data só Deus sabe: "Porém daquele Dia e hora ninguém sabe, nem os anjos dos céus, nem o Filho, mas unicamente meu Pai" (Mt 24.36).

Exatamente por não sabermos o dia nem a hora do arrebatamento, é que o Senhor Jesus nos alerta de várias maneiras, para não sermos pegos de surpresa: "Olhai, vigiai e orai, porque não sabeis quando chegará o tempo" (Mc 13.33). "Vigiai, pois, porque não sabeis a que hora há de vir o vosso Senhor" (Mt 24.42). "Por isso, estai vos apercebidos também, porque o Filho do Homem há de vir à hora em que não penseis" (Mt 24.44).

Chegará o momento em que a igreja vai ser subitamente arrancada da terra! Os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro, e em seguida, os vivos em comunhão com Cristo serão arrebatados; e todos serão levados a encontrar o Senhor nos ares: "Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro; depois, nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor" (1ªTs 4.16,17).

Tanto os ressuscitados, quanto os arrebatados, receberão novos corpos celestiais, glorificados e serão exatamente como é Jesus. Esse processo acontecerá numa fração de segundo, sem dor, sem sofrimento: "Num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a ultima trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados. Porque convém que isto que é corruptível se revista da incorruptibilidade e que isto que é mortal se revista da imortalidade" (1Co 15.52,53).

O cristão aguarda ansiosamente o arrebatamento; pois, é nesse momento glorioso que termina todo o seu sofrimento. A maioria das pessoas não estão interessadas em servir à Deus, fazer a sua obra na terra; rejeitam Jesus, não querem compromisso e não glorificaram a Deus como deveriam. Pois bem, quando Jesus arrebatar a igreja, o mundo ficará sem o apoio espiritual; pois é a igreja que ora, que intercede, que expulsa demônios e cura as enfermidades das pessoas pelo poder do Espírito Santo. A igreja é o sal da terra; é a luz do mundo. Saindo a igreja, o Espírito Santo para de agir; é o fim da igreja na terra! Hoje pode ser o último dia para você! Se você crê em Deus, entregue-se á Jesus Cristo agora mesmo para ser arrebatado e viver para sempre com Jesus!

Envie seu Comentário