Artigo: Tens cuidado de ti e da doutrina?

Por: Eloir Vieira

08/02/2019 12h20 - DN

 

"Tem cuidado de ti mesmo e da doutrina; persevera nestas coisas; porque, fazendo isto, te salvarás, tanto a ti mesmo quanto aos que te ouvem" (1ªTm 4.16).

A mensagem de Paulo à Timóteo, seu filho na fé, seu discípulo, é uma mensagem completa que se atribui a um líder que tem em sua responsabilidade, um rebanho de ovelhas de Cristo para cuidar, ensinar e disciplinar: "Olhai, pois, por vós e por todo o rebanho sobre que o Espírito santo vos constituiu bispos, para apascentardes a igreja de Deus, que ele resgatou com seu próprio sangue" (Atos 20.28).

Em primeiro lugar, segundo 1ªTm 4.16, o apóstolo Paulo manda o líder ter cuidado primeiramente de si mesmo; por uma razão muito simples de entender: o líder precisa estar bem, tanto no natural quanto no espiritual, para exercer suas funções. Assim, a responsabilidade dos cuidados com a saúde do corpo é do próprio líder. Sem saúde ele não tem condições de administrar a igreja, ministrar o rebanho e cuidar das tarefas a ele atribuídas. Neste contexto, entra também a parte necessária do ser humano: dispor de um tempo periódico de descanso, lazer, convívio com a família e, as suas necessidades sentimentais e de seu cônjuge, pois, tudo é concebido ao homem por Deus.

Quanto às questões sentimentais, se o líder é solteiro ou viúvo, bom é se ficar sem se casar; assim, disporá de mais tempo para realizar a obra de Deus, já que não terá responsabilidades com família. Porém, se não consegue dominar os desejos é melhor que se case para não se envolver com prostituição: "Digo, porém, aos solteiros e às viúvas, que lhes é bom se se ficarem como eu. Mas, se não podem conter-se, casem-se. Porque é melhor casar do que abrasar-se. Todavia, aos casados, mando, não eu, mas o Senhor, que a mulher se não aparte do marido. Se, porém, se apartar, que fique sem casar ou se reconcilie com o marido; e que o marido não deixe a mulher" (1ªCo 7.8-11). O líder casado, não pode esquecer que tem obrigações para com seu cônjuge, portanto, precisa conciliar as coisas e amar sua família com justiça, bondade e mansidão.

Estando com sua saúde, seu relacionamento conjugal e familiar resolvidos, o líder estará apto e com condição psicológica, para desenvolver sua missão: "Que governe bem a sua própria casa, tendo seus filhos em sujeição, com toda a modéstia (porque, se alguém não sabe governar a sua própria casa, terá cuidado da igreja de Deus?)" (1ªTm 3.4,5).

A segunda parte é cuidar das ovelhas de Cristo; alertá-las quanto às falsas doutrinas e falsos profetas, que são lobos disfarçados de ovelhas para enganá-las e devorá-las. Ensiná-las, nas doutrinas de Cristo e dos apóstolos, formando mais discípulos de Cristo.

Envie seu Comentário