Mundo da política

“A perversão e a liberdade sexual, para a juventude” por José Alberto Vasconcellos

Colunista que todtem coluna publicada todos os sábado neste veículo

29/09/2018 04h50 - Divulgação (TP)

 

(LÊNIN – 1870 – 1924).

Nos dias atuais, a qualquer hora do dia ou da noite, no WhatsApp e noutros engenhos da comunicação social moderna, podemos assistir e ouvir, assuntos relacionados com as crianças — nossas crianças! — onde são distribuídas Cartilhas decoradas figurativamente, com o objetivo de confundir as crianças com relação ao próprio gênero. Ensinam meninos a brincar com bonecas, buscando roubar a inocência das crianças ainda protegidas pela natureza, tudo para que, confusas e pervertidas mergulhem no esgoto e tornem-se apenas objetos da nefasta manipulação comunista.

Está patente e incontestável o envolvimento da esquerda nessa refinada e hipócrita safadeza, obra prima dos molambos comunistas, para destruir a moral e os bons costumes sociais e construir uma Nação de ignorantes, servis e úteis, dissimulando, concomitantemente, a falta de vontade para o trabalho e a ferrenha vontade de viver, eternamente, do suor das gerações futuras, confusas e ignorantes.

VLADIMIR ILITCH ULIANOV, (1870 - 1924), político russo, tal e qual uma prostituta, apresenta-se nas páginas da História Universal com o nome simples e resumido de LÊNIN, o beatificado personagem que faz os comunistas, ao ouvirem seu nome mijarem-se. A militância indolente e sonhadora, espera com doentia convicção, que um dia Lênin, embalsamado como uma múmia, assumirá as rédeas da administração celestial.

No mundo da política — LÊNIN e depois OSSIP VISSARIONOVITCH DJUGACHVILI, o popular e conhecidíssimo JOSEF STALIN, que também trocou o nome e esmerou-se em eliminar seus desafetos na Sibéria, onde milhares de russos de todas as classes sociais, morreram pela fome, frio e trabalho exaustivo — como ditadores sanguinários, Lênin e Stalin tem inspirado, com suas ações criminosas, a esquerda indolente, mau intencionada, seguidora confessa e inebriada dos mandamentos "filosóficos" contidos no "Decálogo de Lênin", sonhando ou já desfrutando das benesses da corrupção, prevaricando e dissimulando escorados no peculato nojento, que tira o pouco de quem nada possui.

O ensinamento desses ditadores comunistas, está consolidado na Cartilha que contém o "Decálogo de Lênin", que orienta a esquerda faminta de poder, a mentir e lutar para que consiga uma teta ou não perca a teta que desfruta, único objetivo da esquerda vermelha, repugnante e perigosa.

Eis o "Decálogo de Lênin", que orienta a ação dos molambos a qualquer tempo e em qualquer lugar, transcrito a seguir, na íntegra:

  1. –" Corrompa a juventude e dê-lhe liberdade sexual.

    • Infiltre e depois controle todos os veículos de comunicação em massa.
    • Divida a população em grupos antagônicos, incitando-os a discussões sobre assuntos sociais.

4.– Destrua a confiança do povo em seus lideres.

  1. – Fale sempre em Democracia e em Estado de Direito mas, tão logo haja oportunidade, assuma o Poder sem nenhum escrúpulo.

    • Colabore com o esbanjamento do dinheiro público; coloque em descrédito a imagem do País, especialmente no Exterior e provoque o pânico e o desassossego na população.
  2. – Provoque greves, mesmo ilegais, nas indústrias vitais do País.

    • Promova distúrbios e contribua para que as autoridades constituídas não as coíbam.
    • Contribua para a derrocada dos valores morais, da honestidade e da crença nas promessas governamentais; nossos parlamentares infiltrados nos partidos democráticos, deve acusar os não-comunistas obrigando-os, sem pena de expô-los ao ridículo, a votar somente no que for do interesse da causa.

10.- Procure catalogar todos aqueles que possuem armas de fogo, para que elas sejam confiscadas no momento oportuno, tornando impossível qualquer resistência à causa."

A política desenvolvida em consonância com o ordenamento Leninista, nesta nossa República Federativa do Brasil, pelo Partido dos "Trabalhadores" que nunca negou ser da ESQUERDA, não assume, contudo, que é pai dos 13 milhões de desempregados; que o País tem uma dívida de quase quatro trilhões; que o desarmamento do povo teve a finalidade de auto-proteção, tudo conforme prega o tal "Decálogo de Lênin".Esgotadas as safadezas financeiras, trabalham para desestabilizar o sentimento de gênero das crianças, nas Escolas.

A filosofia comunista que orienta a ação da matilha vermelha, provoca asco: aversão natural pelo que é considerado hediondo e repugnante, como o nojo e o enjôo.

E todos os dias estão aí, na mídia!

25-09-2018 (4640) Membro da Academia Douradense de Letras.

(josealbertovasco@yahoo.com.br)

Envie seu Comentário