01/08/2016 14h50

Leia: Coluna com Roberto Costa

Leia: Coluna com Roberto Costa

Divulgação: Dora Nunes
 
 

PRESSÃO – 80 radares foram desligados, ou seja, deixaram de lavrar multa contra motoristas infratores por falta de pagamento da Prefeitura Municipal de Campo Grande. O calote teve início em agosto de 2015. **

CEDEU – O prefeito Alcides de Jesus Peralta Bernal (PP) achou por bem acabar com o período de ‘luto’ dos radares que poderiam causar acidentes gravíssimos autorizando o pagamento dos atrasados. **

ILEGAL – Os consumidores de energia elétrica campo-grandense estão comemorando a suspensão da cobrança da taxa de iluminação pública (COSIP) pelo prazo de seis meses. **

INCONSTITUCIONAL – Sabendo que os vereadores não podem legislar sobre matéria financeira, a lei sancionada pelo presidente da Câmara, Professor João Rocha, do PSDB, pode cair a qualquer momento. **

ESQUIVANDO-SE – O PMDB não conseguiu encontrar dentro da agremiação nenhum nome interessado em disputar o cargo de prefeito da Capital do Estado de Mato Grosso do Sul. **

DESMOTIVADO – O lançamento de chapa pura vereador, sem um puxador de voto para prefeito, deixa transparecer que o partido sequer tem interesse em compor o futuro legislativo campo-grandense. **

EMAGRECIMENTO – Portadores de obesidade mórbida descobriram um ‘jeito’ de furar fila para realização de cirurgia bariátrica. Para perder peso o impaciente teve que ‘molhar a mão’ com R$ 10 mil. **

SANFONA – É imperativo ao operado cumprir certa recomendação médica para não ficar no ‘engorda, emagrece’. Uma coisa é certa: a conta bancária de alguém andou ficando rechonchuda. **

VOO ALTO – A bola da vez da política sul-mato-grossense é o partido liderado pelo governador Reinaldo Azambuja. A direção tucana, se não houver nenhuma acidente de percurso, será o grande vitorioso na disputa eleitoral. **

MAIORIA – O partido sob a presidência do deputado federal licenciado, Márcio Monteiro, espera eleger a maioria dos vereadores e prefeitos nos 79 municípios. Os tucanos estão cacifados. **

CASO DE POLÍCIA – A denúncia de assédio sexual feita pela jornalista Nilmara Caramalac Simões foi parar na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher, que está investigando o caso. **

HUMORISTA – O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PMDB), se continuar arrancando gargalhadas da população brasileira, é possível que receba convite para alguns programas do gênero na TV. **

ALBERT EINSTEIN – "Duas coisas são infinitas: o universo e a estupidez humana. Mas, no que respeita ao universo, ainda não adquiri a certeza absoluta." **

Envie seu Comentário