Artigo: O espelho e a calça jeans

Por: Tião Prado

25/08/2018 09h20

 
Imagem netImagem net

O tempo passa e com o passar do tempo vamos vendo a cada dia que a coisa mais ingrata na vida de um ser humano que é a imagem refletida no espelho! Isso mesmo, o espelho, porque todas as vezes que você acorda cedo, vai ao banheiro para escovar os dentes, lavar o rosto e pentear os cabelos você necessariamente tem que olhar no espelho, ai meu amigo e amiga, você percebe que o tempo é cruel, muito cruel com você e com a sua imagem.

Essa, hoje mais do que nunca, importante invenção, o espelho foi criado em 1835, na Alemanha, pelo químico Justus von Liebig, e de la pra cá, ele está presente em todo lugar e no dia a dia de muitas pessoas, principalmente nos salões de cabelereiros, nas clinicas de estéticas e principalmente no banheiros das casas, e é neste lugar que ele é cruel com nós, pobres mortais.

Muitas pessoas chegam a comentar que graças ao espelho, é que vieram todos os tipos de tratamentos estéticos que existem hoje, isso porque, segundo essas pessoas, se você não visse a sua imagem no espelho e principalmente as marcas que o tempo nos impõem, certamente ninguém iria correr atrás de algo que possa melhorar a nossa imagem e ver essa melhora justamente na sua imagem refletida em um espelho, é gratificante.

Outro dia um amigo meu, alguns anos mais velho, me disse que foi a um shopping famoso, foi a uma loja de departamento para comprar umas calças jeans novas, chegou onde essas peças estavam expostas, escolheu as que lhe agradou e foi ao provador para saber como as peças ficavam em seu corpo. Para seu espanto quando teve a sua imagem refletida no espelho, sempre ele, que também fica nos provadores de roupas em todas as lojas, viu uma imagem diferente daquele de seus pais e avós, justamente, quando tinham a sua idade, quase 60.

Nas fotos dos arquivos de seus familiares, eles sempre apareciam ou de ternos, muito bem cortados, ou de belíssimas calças sociais, sempre feitas pelos melhores alfaiates da cidade. E meu amigo, naquele momento estava ali, com um belíssima calça jeans, daquelas com ‘elastame’, acho que é assim, bem justa, tipo cantor sertanejo universitário pronto pro show, e vendo essa imagem, começou a rir de si mesmo.

Não que tenha ficado feio, apesar do seu corpo, justo ele que tinha sido atleta de futebol e sempre estava em forma, hoje, com quase 60 anos, uns quilos e uns pneuzinhos a mais, pois já está com mais de 90 quilos, e como ele mesmo diz, perdendo a barriga pra fora da cinta, se sentia bem em usar essas calças da ‘moda’. Pois é, os tempos são outros e a moda também. Se o espelho é ingrato nos mostrando quem de fato somos todas as manhãs, pelo menos temos o bom e velho jeans, criado na década de 70, que veio e ficou para fazer moda e mudar o pensamento de todos.

Disse uma poeta, ‘a idade está na cabeça de cada um, basta viver a vida como ela é, sem medo de ser feliz e um dia de cada vez, não importa se amanhã vamos dizer adeus, mas o importante é que sejamos felizes, a nossa maneira’.

É isso ai.

 
Tião Prado, radialista, jornalista e proprietário site PontaporainformaTião Prado, radialista, jornalista e proprietário site Pontaporainforma

Envie seu Comentário