26/04/2018 13h30

Comercialização de farelo de soja aumenta com quebra na safra argentina

Exportação de farelo de soja quadriplica entre janeiro e março de 2018

correiodoestado
 
 
Volume comercializado foi de 118,5 mil toneladas, no 1º trimestre de 2018 - Foto: Ascom Famasul/ João Carlos CastroVolume comercializado foi de 118,5 mil toneladas, no 1º trimestre de 2018 - Foto: Ascom Famasul/ João Carlos Castro

Produtores de soja em Mato Grosso do Sul comemoram o bom momento das exportações do grupo soja em 2018. De janeiro a março desde ano, a exportação do farelo de soja, um dos principais produtos utilizados na alimentação de criações, registrou crescimento de 352%.

A informação da unidade técnica da Federação da Agricultura e Pecuária de MS (Famasul), acrescenta ainda que em termos de produção foram exportados 118,5 mil toneladas. Entre os fatores que contribuiram para a performance está a quebra da safra argentina.

Nos últimos três anos, os principais compradores do produto processado são a Tailândia, Indonésia e Holanda. O farelo é utilizado na produção da ração animal, representando 30% da sua composição.

"A quebra da safra argentina trouxe oportunidade para a exportação não só do grão de Mato Grosso do Sul, mas também do farelo, o produto ganha competitividade neste momento." afirma o técnico do Departamento de Economia do Sistema Famasul, Luiz Gama.

No período analisado, as exportações renderam uma r

Envie seu Comentário