25/08/2017 14h30

Interconf terá dois dias de programação com palestras e debates

Quatro painéis - Mercado, Técnico, Regulatório e Futuro - tratarão dos diversos desafios para a pecuária intensiva

Divulgação: Dora Nunes
 
 

A edição de 10 anos da Interconf - Conferência Internacional de Pecuaristas, promovida pela Assocon – Associação Nacional da Pecuária Intensiva, será nos dias 18 e 19 de setembro como parte do projeto ‘O Brasil Pecuário acontece aqui’, que engloba a realização da Goiás Genética.

O primeiro painel da Interconf será um panorama do mercado, apresentando o ambiente econômico brasileiro para que o participante saiba em que momento está e em que direção seguir. A palestra "Cenários macroeconômicos para o Brasil nos próximos anos" será ministrada por Zeina Latif, economista chefe da XP Investimentos, seguida pela apresentação do representante da Wedekin Consultores, Ivan Wedekin com o tema "Panorama e perspectivas de mercado dos produtos do agronegócio". O debate desse painel de mercado terá a participação do pecuarista e diretor da CMA, André Perrone; do presidente do Conselho de Administração da Assocon, Alberto Pessina; do analista de mercado da Rassa e editor do Notícias do Front, Rodrigo Albuquerque; do pecuarista e editor da Carta Pecuária, Rogério Goulart e do diretor da Radar Investimentos, Leandro Bovo.

Haverá também um painel técnico para apresentar estudos de caso, ideias, técnicas e tecnologias com o intuito de inspirar a busca pelo aumento da produtividade sustentável como caminho para uma melhor rentabilidade na fazenda. O painel será aberto com um estudo de caso da Austrália, com a apresentação de indicadores que medem os resultados técnicos e financeiros da atividade de confinamento naquele país, seguido pela palestra "Bem-estar animal e manejo racional: casos de sucesso no Brasil", apresentado pelo especialistas da MSD Saúde Animal, Antony Paulo Luenenberg. A seguir o pesquisador sênior da Dow Agrosciences, Alcino Ladeira Neto ministrará a palestra "Controle de plantas daninhas: métodos paliativos não sustentam o negócio". O painel ainda contará com mais duas apresentações com os temas "Como o avanço da tecnologia pode auxiliar o produtor rural – Confinamento" e Controle sanitário adequado na pecuária de corte". Um debate entre profissionais de consultorias como Exagro e Gestão Agropecuária – GA tratará das tecnologias ainda não adotadas no Brasil e até onde a pecuária pode chegar.

Os entraves legais no que diz respeito à sustentabilidade serão abordados no painel regulatório que analisará os desafios para a pecuária brasileira se desenvolver, buscar novos mercados e aumentar a qualidade de seu produto. A advogada Samanta Pineda dará a palestra "Brasil e o mundo – o que fazemos e o que eles fazem?", abordando como outros países regulam as questões ambientais e trabalhistas em comparação com o Brasil. O tema "Como organizar as relações entre fornecedores, produtores e clientes – Estudo de caso Confinamento Santa Fé" será apresentado a seguir pelo agropecuarista e sócio-proprietário da Feed, Pedro Merola, que falará sobre o modelo de negócio da propriedade, relação com os fornecedores, parceiros pecuaristas, indústria frigorífica e consumidor final. Os riscos sanitários na pecuária de corte brasileira serão tratados por representantes da indústria veterinária, com um debate com o professor da Unicamp, Pedro de Felício e o GTPS – Grupo de Trabalho da Pecuária Sustentável sobre os mitos e verdades que envolvem a carne brasileira, com a presença do vice-governador do Mato Grosso, Carlos Favaro.

Por fim, o painel futuro traçará caminhos para se ter uma produção mais valorizada, com pecuaristas mais ativos em seu papel como produtores de alimentos e agentes de mudança na sociedade. Uma primeira apresentação mostrará mercados ainda não atendidos pela carne do Brasil e de que forma é possível atingi-los. Em seguida o médico veterinário e professor da Faculdade de Engenharia de Alimentos da UNICAMP, Pedro de Felício falará sobre os "Indicadores de qualidade da carne bovina". O produtor rural Guilherme Pontieri mostrará qual a melhor maneira de investir na pecuária moderna, com um passo a passo para sair de uma baixa produtividade para uma produção mais intensiva. A última palestra desse painel, intitulada "A pecuária e a sociedade", terá como objetivo apresentar um estudo de caso sobre como é possível unir pecuária e a comunidade para promover melhorias sociais.

Sobre a Interconf

A Interconf faz parte do "Integrar para Crescer", plataforma de comunicação que envolve eventos e ações com o intuito de disseminar informação de qualidade, reverberando os temas e discussões relevantes ao setor em um programa semanal de mesmo nome, que vai ao ar aos domingos pelo Canal Terraviva, do Grupo Bandeirantes de Comunicação. A InterCorte, Beef Week, Caminho do Boi, Dia do Produtor e manifesto #SomosdaCarne também fazem parte da plataforma.

O projeto ‘O Brasil Pecuário acontece aqui’, que une a Interconf com a Goiás Genética, é uma realização da Assocon, Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg), Associação Goiana dos Criadores de Zebu (AGCZ), Sociedade Goiana de Pecuária e Agricultura (SGPA) e o Fundo para o Desenvolvimento da Pecuária em Goiás (Fundepec-GO).

Mais informações sobre a programação da Interconf podem ser obtidas pelo site http://www.interconf.org.br/

Envie seu Comentário