Copa 2018

Após polêmica na estreia, Fifa indica juiz 'cascudo' para jogo do Brasil contra Costa Rica

Kuipers, que é do quadro internacional desde 2006, sendo considerado de elite desde 2009

20/06/2018 15h20 - ESPN

 
© Getty Bjorn Kuipers durante Egito x Uruguai, na Copa de 2018© Getty Bjorn Kuipers durante Egito x Uruguai, na Copa de 2018

A Fifa divulgou, nesta quarta-feira, o quadro de arbitragem para o jogo entre Brasil e Costa Rica, nesta sexta-feira, às 09 horas (de Brasília). Depois da polêmica no jogo da estreia, o nome escolhido foi o do experiente Björn Kuipers, da Holanda.

Kuipers, que é do quadro internacional desde 2006, sendo considerado de elite desde 2009, apitou a final da Copa das Confederações em 2013, quando o Brasil venceu a Espanha por 3 a 0. Ele também trabalhou em três partidas da Copa de 2014 e foi considerado um dos melhores da competição, além de ter trabalhando em duas Euros.

Nesta temporada, ele apitou a partida de ida das semifinais da Uefa Champions League entre Bayern de Munique e Real Madrid, vencida pelo Real por 2 a 1. Na Copa do Mundo da Rússia, Kuipers já trabalhou na partida entre Uruguai e Egito, que terminou com a vitória por 1 a 0 da equipe sul-americana.

O trio de arbitragem será completado pelos auxiliares Sander Van Roekel e Erwin Zeinstra, todos da Holanda. O quarto árbitro será o sueco Damir Skomina.

A CBF enviou ofício à Fifa reclamando de dois lances durante o jogo de estreia do Brasil na Copa do Mundo - o empate por 1 a 1 contra a Suíça - e cobrando a presença do VAR, o árbitro de vídeo, em ambos os casos.

Envie seu Comentário