08/03/2018 08h10

Neymar recebe visita de Luciano Huck, Thiaguinho e Rafael Zulu: 'Amigos'

Com o pé imobilizado e em uma cadeira de rodas, jogador compartilhou foto do encontro nesta quarta-feira (7).

Purepeople
 
 
Em recuperação, Neymar recebeu visita de Luciano Huck, Thiaguinho e Rafael Zulu nesta quarta-feira, 7 de março de 2018 © Divulgação, Instagram / NeymarEm recuperação, Neymar recebeu visita de Luciano Huck, Thiaguinho e Rafael Zulu nesta quarta-feira, 7 de março de 2018
© Divulgação, Instagram / Neymar

Depois de passar por uma cirurgia para corrigir uma fissura no quinto metatarso do pé direito, Neymar recebeu a visita de Luciano Huck, Thiaguinho e Rafael Zulu em sua mansão em Mangaratiba, no Rio de Janeiro, nesta quarta-feira (7). Sentado em uma cadeira de rodas, o jogador compartilhou uma foto do encontro no Stories do Instagram. "Recebendo visita dos amigos", escreveu o namorado de Bruna Marquezine, com quem foi visto embarcando em jatinho após ter alta hospitalar.

Desfalque do time pariense, Neymar usou a rede social para manifestar sua frustração com a queda da equipe francesa, derrotada pelo Real Madri na Liga dos Campeões. O atacante, no entanto, exaltou o esforço dos companheiros. "Estou triste pela derrota, muito mais triste por não estar em campo ajudando meus companheiros! O que me deixa orgulhoso é ver o esforço de todos. Parabéns mon gars, Allez Paris", disse o brasileiro no início da semana.

Otimista com sua recuperação, Neymar está sendo supervisionado por fisioterapeutas. "Neymar sofreu uma fratura no quinto metatarso, é uma fratura importante num osso do pé. A recuperação leva de dois meses e meio a três meses. Neymar está triste, mas entende que não tem outra alternativa agora. Ele vai se dedicar para estar bem o quanto antes. Vamos fazer o possível para que ele esteja pronto o mais rápido possível. O prazo de recuperação depende da evolução do jogador. Em seis semanas, haverá uma nova avaliação, com exame de imagem, para observar a resposta e a evolução da recuperação. A fisioterapia começa imediatamente, com o seu fisioterapeuta Rafael Martini, que também é do PSG e da Seleção. Isso mostra integração de todas as partes", falou o médico da seleção brasileira, Rodrigo Lasmar durante o pronunciamento à imprensa. Já o francês Gérard Saillant, negou desentendimentos entre CBF e PSG por causa da operação: "Tudo que foi escrito, dito, desde o segundo seguinte da lesão até agora... As decisões foram tomadas (o que foi feito, o que será feito) em total concordância com Neymar, claro, sua família, estafe do PSG, direção e presidência, assim como os representantes da Seleção".

Envie seu Comentário